Coimbra  16 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Máquinas de rasto apoiam no combate a incêndio de Miranda do Corvo

14 de Setembro 2019

As Forças Armadas enviaram duas máquinas de rasto, do Exército Português e da Força Aérea, para apoio ao combate a incêndio em Miranda do Corvo.

O objectivo será o apoio na abertura de caminhos que facilitem o acesso dos operacionais que combatem as chamas naquela zona.

A operar as máquinas estão no terreno cinco militares do Exército e cinco da Força Aérea.

O incêndio de Miranda do Corvo continua a preocupar a Protecção Civil, que mantém no local 650 operacionais, apoiados por 190 meios terrestres e 12 aéreos.

Duarte Costa, comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) afirmou, hoje (14), que continuam as previsões de “condições meteorológicas muito adversas, devido ao vento e à humidade relativa” o que implicará “um trabalho muito apurado no incêndio de Miranda do Corvo”.

O comandante confirmou, ainda, que deste incêndio resultaram, até ao momento, dois feridos ligeiros, ambos bombeiros em serviço.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com