Coimbra  4 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Manuel Machado elogia como a Grécia está a ultrapassar crise financeira

30 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Manuel Machado elogia como a Grécia está a ultrapassar crise financeira

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, elogiou, hoje, a forma como a Grécia está a ultrapassar a crise financeira e apelou a uma Europa mais solidária.

“Somos europeístas convictos e é precisamente por isso que não podemos aceitar esta Europa que se esquece de si própria e que sujeita países como Portugal e a Grécia a constrangimentos e obstáculos incompreensíveis pelas nossas populações e à falta de solidariedade”, disse o autarca.

Manuel Machado intervinha no almoço de recepção oferecido pelo Município ao Presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos, que está a efectuar uma visita de Estado a Portugal, que começou em Coimbra, onde recebe um doutoramento Honoris Causa.

Perante cerca de centena e meia de convidados, o autarca disse que “Portugal e a Grécia têm estado com todo o mérito a ultrapassar esta década de estagnação e de recuo”.

“Estão a vencer a crise e a recuperar a condução soberana dos seus destinos”, sublinhou Manuel Machado, numa alusão aos programas de ajustamento financeiro definidos pela ‘troika’ para os dois países.

Segundo o presidente do Município de Coimbra, “a cada dia os dois países estão a construir os seus futuros com as suas próprias mãos, com a sua imensa garra e a tenacidade inquebrantável dos seus povos, com a força das suas histórias e da sua cultura comum”.

Antes de propor um brinde a uma Europa “mais unida pelo progresso e solidária”, o autarca mostrou abertura da cidade para receber mais estudantes gregos e empenho para que empresas de Coimbra estabeleçam parcerias e negócios com empresas gregas.

No almoço, presidido pelo chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, que não interveio, discursou ainda o Presidente grego.

Após a refeição, os dois chefes de Estado deslocaram-se para a Universidade de Coimbra, onde Prokopis Pavlopoulos vai ser doutorado Honoris Causa, por proposta da Faculdade de Direito.