Coimbra  23 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Luso: Água da Fonte de S. João vai passar a ser tratada e monitorizada

5 de Julho 2024 Jornal Campeão: Luso: Água da Fonte de S. João vai passar a ser tratada e monitorizada

A Câmara da Mealhada acaba de adjudicar uma empreitada para o tratamento da água da Fonte de S. João, no Luso, no valor de 174.800 euros, com um prazo de execução de 150 dias.

A intervenção visa melhorar a qualidade da água nas bicas da fonte e no abastecimento à rede púbica.

A empreitada, agora adjudicada, vai permitir o tratamento microbiológico da água que alimenta as bicas da Fonte de São João, tratamento de PH da água captada nesta fonte e distribuída na rede pública e a reabilitação do sistema de desinfecção existente.

Por outro lado, a intervenção vai incluir ainda a colocação de um sistema de segurança de intrusão e de um sistema de supervisão capaz de detectar e controlar perdas de água.

Recorde-se que a água das bicas da Fonte de S. João, actualmente água bruta (sem tratamento), passará assim a ser tratada ao nível microbiológico, através de um sistema de ultravioletas, sem injecção de quaisquer produtos químicos.

Quanto à água captada nesta fonte para abastecimento da rede pública, será tratada em reservatório de forma a cumprir as directrizes relativas ao PH.

Refira-se que a Fonte de S. João é um local de muita afluência para enchimento de garrafões de água para uso público e tem nascente no local que, além da fonte, abastece a rede pública de distribuição de água.

António Jorge Franco, presidente da Câmara da Mealhada, refere que esta intervenção, agora adjudicada, “vai permitir a correcção de alguns problemas, nomeadamente ao nível baixo de PH que a água apresenta” e, por outro lado, “será uma forma de aproveitar para melhorar a desinfecção da água das bicas e da que serve a rede pública”, conferindo “uma maior segurança em termos de saúde pública”, completou.