Coimbra  6 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lousã volta a apostar no projecto “Classplash”

12 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Lousã volta a apostar no projecto “Classplash”

A Câmara Municipal da Lousã e o Agrupamento de Escolas do concelho voltam a apostar, neste ano lectivo, no projecto “Classplash”, que visa promover competências musicais de forma lúdica.

O Município oferece as licenças de utilização a todas as crianças do 1.º ciclo do Agrupamento e as às turmas do 2.º ciclo interessadas, num total de 757 alunos e 16 docentes.

As três aplicações, disponíveis na plataforma “Classroom”, são o “Rhythmic Village”, um jogo rítmico mais utilizado nos 1.º e 2.º anos que introduz à leitura das figuras rítmicas e instrumentos de percussão; o “Flute Master”, o preferido dos 3.º e 4.º anos, que desenvolve aptidões para a flauta de bisel e de leitura musical; e o “Cornelius Composer”, com o qual professores e alunos podem facilmente compor música com software simples e fácil de usar.

Segundo a autarquia da Lousã, “estas aplicações são ainda úteis para o ensino do uso adequado das tecnologias, para aprender a contar e recontar histórias e para a aprendizagem de idiomas, já que pode mudar a para inglês, alemão, espanhol, entre outras”.

De referir que a plataforma e as aplicações são desenvolvidas no concelho por uma equipa liderada pelo lousanense João Carlos Ramalheiro.