Coimbra  5 de Junho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lousã suspende transporte público de passageiros e entrega material de protecção

5 de Abril 2020 Jornal Campeão: Lousã suspende transporte público de passageiros e entrega material de protecção

O sistema de transporte público de passageiros UrbLousã será suspenso, a partir de amanhã (06), devido à pandemia da covid-19.

“No seguimento de outras medidas que têm vindo a ser aplicadas, a autarquia (…) decidiu suspender preventivamente o serviço de transporte” rodoviário, com acordo da Transdev, a empresa que assegura o UrbLousã, criado há quatro anos.

Em comunicado, o executivo presidido por Luís Antunes informa que “esta suspensão aplica-se tanto aos horários regulares, como aos serviços por marcação [o chamado transporte a pedido] e será reavaliada pela autarquia quando a situação se alterar”.

A autarquia tem feito um esforço acrescido para responder de forma eficaz e rápida à pandemia que se vive, apoiando diversas instituições do concelho, de saúde e não só, bem como profissionais que trabalham na área da Saúde.

Assim, a Câmara Municipal divulgou a entrega de equipamentos de protecção individual (máscaras, viseiras, produtos de higiene e luvas) a diversas instituições.

“Esta entrega de material teve como objectivo auxiliar estas instituições a proporcionar aos seus profissionais um nível de protecção mais adequado possível”, refere, publicando a lista das entidades abrangidas pela medida: Santa Casa da Misericórdia da Lousã, Associação de Defesa do Idoso e da Criança (ADIC) de Vilarinho, Centro Social do Pinhal, Centro Paroquial de Solidariedade Social de Serpins, Centro Social de Casal de Ermio e Associação Recreativa, Cultural e Social das Gândaras.

Por outro lado, a Câmara da Lousã “está a disponibilizar uma viseira de protecção individual a cada profissional de saúde residente no concelho, independentemente do estabelecimento de saúde onde preste serviço”.

A instalação de duas tendas destinadas a serviços de triagem e encaminhamento de doentes foi outra das medidas levadas a cabo pela Câmara Municipal, que também anunciou a entrega de quatro telemóveis a unidades de Saúde do concelho, com o intuito de “reforçar as linhas de atendimento do Centro de Saúde”.

“Estes equipamentos são fundamentais para que os profissionais de saúde possam desempenhar as suas funções na máxima segurança possível e assim continuarem o combate ao surto pandémico que nos assola”, nota o Município, garantindo que “continuará a trabalhar em parceria e permanente contacto com as autoridades de Saúde locais, regionais e nacionais, de modo a tomar todas as medidas adequadas à protecção dos lousanenses”.

Já à GNR, a autarquia disponibilizou equipamento de protecção de forma a “reforçar a segurança dos militares e minimizar os riscos de contágio”.

Máscaras, viseiras, produtos de higiene e luvas foram entregues ao comandante do Posto Territorial da GNR da Lousã, que agora fará a gestão deste equipamento em função das missões dos militares.