Coimbra  19 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lousã: Ministro obriga Câmara a repor janelas

24 de Novembro 2017

O ministro da Cultura acaba de ordenar à Câmara da Lousã a reposição de janelas de acordo com o modelo dos vãos existentes antes das recentes obras nos Paços do Município.
A medida decorre do indeferimento proferido acerca de um recurso interposto pela autarquia.
“Celebro este importante passo para que se faça justiça, em nome pessoal e em sintonia com um grupo de 100 cidadãos, os quais, em Fevereiro, divulgaram um manifesto pela reposição da legalidade na empreitada de remodelação dos Paços do Concelho”, divulgou Rui Carreira Abreu.
O “Campeão” interpelou, sem sucesso, o porta-voz da autarquia.
O referido manifesto tem como primeiro signatário Pedro Mexia, assessor cultural do Presidente da República, a par do empresário José Redondo (Licor Beirão e fundador do Rugby Clube da Lousã) e da escritora Ana Filomena Amaral.
O edifício em que haverá lugar à reposição de janelas, de acordo com o modelo dos vãos existentes antes das recentes obras, é do estilo neobarroco, tendo sido concluído, em 1934, segundo projecto do arquitecto Moura Coutinho.
Entretanto, segundo Rui Abreu, uma ação foi instaurada pelo Ministério Público junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra (TAFC).

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com