Coimbra  12 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lousã irá plantar 40 000 árvores no concelho este ano

24 de Março 2021 Jornal Campeão: Lousã irá plantar 40 000 árvores no concelho este ano

O Município da Lousã recebeu, no âmbito de uma candidatura ao concurso “Preservar a Natureza”, promovido pela E-Redes, 40 000 árvores autóctones que serão plantadas no concelho até 23 de Novembro deste ano.

Como forma de assinalar a recepção destas espécies, que serão entregues gradualmente, foi promovida, ontem (23), a plantação de uma árvore no Parque Urbano e assinadas diversas cartas de compromisso com entidades do concelho que irão assumir a plantação destas árvores, nomeadamente quatro juntas de freguesia do concelho, os conselhos directivos dos baldios da extinta Freguesia de Vilarinho, da Lousã, do Candal, da Cerdeira e do Catarredor.

Segundo a Câmara Municipal da Lousã, “estes acordos têm como objectivo tornar todo o processo de plantação e acompanhamento das espécies mais eficaz e eficiente”.

No âmbito desta iniciativa serão recebidos 15 000 sobreiros (Quercus suber), 12 500 medronheiros (Arbustus unedo), e 12 500 carvalhos portugueses (Quercus faginea).

O Município informou que as plantações realizadas serão visitadas a 23 de Novembro, Dia da Floresta Autóctone.

De referir que esta oferta da E-REDES integra o Plano de Investimento Social, que envolve 14 municípios – Oleiros, Vila de Rei, Figueira da Foz, Seia, Castro Daire, Gouveia, Nelas, Lousã, Vouzela, Tondela, Vila de Vila Nova de Poiares, Alvaiázere, Leiria e Mação.

Esta iniciativa tem um valor global de 250 000 euros, tendo os municípios sido seleccionados conforme decisão de um júri constituído pela E-Redes e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.