Coimbra  22 de Abril de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lousã assinala Dia Internacional da Mulher com semana de actividades

6 de Março 2021 Jornal Campeão: Lousã assinala Dia Internacional da Mulher com semana de actividades

A Câmara Municipal da Lousã vai promover, entre os dias 08 e 12 de Março, actividades para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

As iniciativas, que são todas digitais, iniciam-se, na segunda-feira (08), com uma aula online no âmbito do projecto “Lousã a Mexer +”, dada pela professora Daniela Henggeler e que a autarquia recomenda a todas as mulheres.

Ainda neste dia, entre as 19h30 e as 20h30, será promovida uma “Conversa transversa” com o tema “A mulher, a saúde e a conciliação”. Esta contará com a participação de Joana Laranjinha, Joana Branco Seco, Cláudia Simões, Tânia Torrinha e Carmo Sequeira. Este momento vai ser transmitido em directo na página de Facebook da autarquia, sendo possível interagir com as convidadas mediante inscrição.

Já nos dias 10 e 12 de Março, pelas 17h00, o Executivo vai recordar “duas mulheres cuja acção marcou profundamente os dois Museus da Lousã, com a iniciativa ‘Mulheres da Terra: Mirita Sales no Museu Dr. Louzã Henriques’ e ‘Aguarela no feminino: Carolina Viana de Lemos no Museu Álvaro Viana de Lemos”.

Na quinta-feira (11), às 17h00, vai ser lançado o projecto “Leituras ao Ouvido”, dinamizado por mulheres da Lousã e, no dia seguinte, pelas 18h00, será divulgada a ‘newsletter’ de Março dos Museus da Lousã.

De segunda (08) a sexta-feira (12), na página de Facebook do Município, pelas 19h00, vai haver uma leitura de textos femininos, nomeadamente “Branca Edmée Marques”, na segunda-feira (08); Anne Frank, na terça (09); “Frida Khalo”, na quarta (10); “Madeline Finn e o Cão da Biblioteca”, na quinta (11); e “Amália Rodrigues”, na sexta (12).

Recorde-se que o Dia Internacional da Mulher “celebra as conquistas das mulheres de acordo com as suas tradições e culturas e assinala actos de coragem e determinação de mulheres comuns, que desempenharam um papel extraordinário na história dos seus países e comunidades”, disse a autarquia.

Segundo dados das Nações Unidas, em 2019 menos de 25% dos parlamentares eram mulheres, apenas 28% de mulheres ocupavam cargos de gestão, uma em cada três mulheres sofria de violência de género e, globalmente, o trabalho doméstico e os cuidados a dependentes não remunerados continuam a ser uma tarefa do feminino.