Coimbra  21 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lorvão: Mosteiro para hotel requer investimento de milhões

19 de Dezembro 2018

A transformação do mosteiro de Lorvão numa unidade hoteleira com 90 quartos, no âmbito do programa Revive, implica um investimento de seis milhões de euros pelo concessionário, soube-se ontem.
Ao intervir na cerimónia de lançamento do concurso público internacional para a concessão, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, considerou tratar-se de “uma oportunidade única para atrair investidores”.
Caso encarem assumir a gestão de parte do imóvel, os empresários são desafiados a “reinventarem o uso” daquele espaço por um período de 50 anos.
“Não baixamos os braços” enquanto em Portugal existir “património fechado e sem uso”, afirmou Ana Mendes Godinho, numa sessão, na sala do cadeiral do coro baixo da igreja do mosteiro de Santa Maria de Lorvão, em que também participou a secretária de Estado da Cultura, Ângela Ferreira.
Ficam de fora da concessão a igreja, o espaço reservado a um projecto museológico e uma parte destinada, eventualmente, a ser usada pela Câmara de Penacova e por colectividades, disse o líder do Município de Penacova, Humberto Oliveira.
Quanto ao mosteiro, com uma área florestal e agrícola de quatro hectares, será para “uso comum” da futura unidade hoteleira e de outras entidades, bem como para fruição pública, segundo Ana Mendes Godinho.
Humberto Oliveira expressou o desejo de que a concessão venha a “contribuir para o desenvolvimento cultural e turístico” do seu concelho e da região.
No século XX, de acordo com uma nota distribuída aos jornalistas, “todo o imóvel foi requalificado para acolher” o Hospital Psiquiátrico de Lorvão, que deixou de funcionar quando diversas unidades de saúde da região deram origem ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).
Os candidatos ao concurso podem apresentar propostas até 08 de Maio de 2019.
Assistiram à cerimónia o presidente da entidade regional Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, a directora regional de Cultura do Centro, Celeste Amaro, e o presidente do CHUC, Fernando Regateiro, entre outros convidados.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com