Coimbra  20 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Livros de Ana Filomena Amaral traduzidos nos EUA, Bulgária, Egipto e Finlândia

7 de Agosto 2023 Jornal Campeão: Livros de Ana Filomena Amaral traduzidos nos EUA, Bulgária, Egipto e Finlândia

Dois livros de Ana Filomena Amaral vão ser traduzidas nos Estados Unidos da América (EUA), Bulgária, Egipto e Finlândia, avançou hoje a escritora, radicada na Lousã há 30 anos.

Segundo a autora, o romance “O Director” vai ser traduzido na Bulgária, Egipto e Finlândia, enquanto a sua obra “Gelos” terá tradução nos Estados Unidos da América (EUA).

“Estes livros serão traduzidos ao abrigo da Linha de Apoio à Tradução e Edição de 2023, da responsabilidade conjunta do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), do Ministério da Cultura”, informou.

“O Director” é o primeiro volume da colectânea “Mãe Nossa”, “a única trilogia de ficção ambiental do mundo”, que inclui ainda os romances “Gelos” e “Desertos”.

Na Bulgária, a tradução de “O Director” será feita por Vera Kirkova-Jekova, para a editora Skyway Publications.

Para a editora egípcia Sefsafa, “bem como para todo o mundo árabe”, a tradução do livro foi confiada a Rola Adel.

A tradução em finlandês será efectuada por Tarja Harkonen para a editora Oy Enostone.

De acordo com a escritora e historiadora, com 15 livros publicados, entre ficção e investigação, “O Director”, “é a única obra portuguesa contemplada, em 2023, pela Linha de Apoio à Tradução e Edição para o mercado livreiro da Finlândia”.

Por fim, a sua obra “Gelos” será traduzida por Matthew Rinaldi, cabendo a edição à norte-americana Underline Publishing “para todos os países de expressão inglesa”.

“Ainda em 2023, será publicada na Índia a versão em bengali de ‘A Casa da Sorte’”, um dos primeiros romances Ana Filomena Amaral, premiado pela Los Angeles Book Review.

O lançamento oficial está “previsto para Janeiro de 2024, durante o Festival Literário Internacional de Jaipur”, capital do estado indiano do Rajastão.