Coimbra  10 de Abril de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lampreia volta às mesas dos restaurante de Penacova

21 de Fevereiro 2020

Luís Marques, da Associação Sons do Mondego; João Azadinho, vice-presidente da Câmara de Penacova; Humberto Oliveira, presidente da autarquia; e Fábio Nogueira, membro da Confraria da Lampreia

 

A época oficial da lampreia começou já em Janeiro mas será entre 28 de Fevereiro e 01 de Março que Penacova vai dar destaque a um dos seus ex-libris, com o seu habitual festival gastronómico, a decorrer em 10 restaurantes aderentes.

O Festival funcionará nos “moldes habituais”, com os restaurantes a fazerem um preço mais convidativo da iguaria e com a autarquia a oferecer as sobremesas, que, claro, serão as típicas de Penacova (nevadas e pastéis de Lorvão).

Para Humberto Oliveira, presidente da Câmara Municipal, “a sazonalidade da lampreia é um factor crítico de sucesso, permitindo atrair as pessoas que realmente gostam do prato e que o vêm degustar todos os anos”, pelo que “já se nota, nesta altura, muitos apreciadores à procura da iguaria”.

Em 2019 foram servidas cerca de 5 000 refeições, um indicador do sucesso desta iniciativa e da lampreia de Penacova, número que a organização espera superar na edição deste ano.

Quanto à qualidade do produto, o líder da autarquia realça que tal não é factor principal de diferenciação, mas antes “a forma como ela se confecciona”. Para além disso: “a lampreia é um bom motivo para nos sentarmos à mesa e compartilharmos esta iguaria, é um momento de convívio entre os apreciadores”, salientou o autarca, fã confesso do prato.

Os restaurantes aderentes, este ano, são: Boa Viagem; Côta d´Azenha; Hotel Rural Quinta da Conchada; Mondego; O cantinho; O Casimiro; O Cortiço; O Relvão; Panorâmico e Portas da Serra.

A “visibilidade da lampreia e da gastronomia regional” é o principal objectivo do certame, que aproveita a ocasião para divulgar outras mais-valias do concelho, como o caso da doçaria conventual ou de projectos como o “Roteiro do Arista”, salientou Humberto Oliveira.

Parceiro deste ‘Festival’ é a Confraria da Lampreia, com sede em Penacova, e que recentemente se mudou para as instalações de uma antiga escola, espaço cedido pela Câmara Municipal, para ali se dinamizarem actividades de promoção e valorização da lampreia.

Penacova vai ter mais para ver e fazer no fim-de-semana

Quem visitar Penacova por estes dias para saborear a sua famosa iguaria pode, depois, deixar-se ficar pelo concelho e aproveitar o que este tem para oferecer no resto do tempo.

Assim, destaca-se, em particular neste fim-de-semana três outros eventos relevantes: as comemorações dos 90 anos dos Bombeiros Voluntários de Penacova (01 de Março), que servirão de pretexto para assinalar o Dia Mundial da Protecção Civil (entre 28 de Fevereiro e 03 de Março); o II Encontro de Gaiteiros, promovido pela Associação Musical, Recreativa e Cultural Sons do Mondego (29 de Fevereiro); e ainda o passeio de BTT “Rota da Lampreia” (01 de Março), e cujas inscrições para os dois percursos (de 40 e 70 quilómetros) estão abertas até quarta-feira (26), no website da Câmara Municipal de Penacova.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com