Coimbra  22 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

‘Kit’ inteligente para insulinodependentes vence concurso de ideias

26 de Março 2018

A quinta edição do “Concurso de Ideias Intermunicipal”, dedicado ao empreendedorismo nas escolas, coroou o projecto “INsmartLIN Kit”, criado pela Agrupamento de Escolas de Mortágua, com o primeiro prémio.

A final do concurso, que decorreu em Oliveira do Hospital, distinguiu o projecto inovador de João Ricardo, Rafael Coelho e Sara Oliveira, sob a orientação da professora Fátima Potró. O “INsmartLIN” trata-se de um “kit inteligente para insulinodependentes, constituído por um medidor de glicémia, uma caneta de insulina e uma bracelete inteligente e programada para alertar a necessidade de medição”, revela a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, promotora do concurso. O ‘kit’ tem, ainda, um código QR, através do qual é possível aceder a uma aplicação, possibilitando o registo de todos os resultados.

Este projecto irá, agora, representar a CIM Região de Coimbra no concurso regional promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC), em Junho, na Covilhã.

No segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente, os projectos “Pastorellho”, da EPTOLIVA, pólo de Oliveira do Hospital; e “Plano Total”, da Escola Secundária de Daniel de Matos, do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares.

O “Pastorelho”, da autoria do aluno Francisco Borges, sob orientação da professora Honorata Pereira, “é um pastel, característico da Serra, elaborado a partir dos subprodutos da produção do queijo, nomeadamente, o soro de leite e da sua junção à bétula”, adianta a CIM. Segundo os criadores, “o pastel apresenta um conjunto de efeitos bioactivos, resultantes das propriedades do soro de leite e do adoçante de bétula”.

Já o projecto “Plano Total”, dos alunos Alcibíades Soares, Carolina Coimbra e Mariana Lopes, sob orientação da professora Sara Rosário, reinventou “o Plano Duro tradicional, tornando-o integral e dobrável. Com três tipos de plano numa única estrutura, o projecto dos alunos de Poiares é único, fabricado em carbono, sendo mais ecológico, mais leve e de dimensões mais ajustadas ao espaço dentro de uma ambulância”, explica a CIM, acrescentando que o mesmo “agrega numa única peça os três tipos de planos, o que permite a sua utilização de acordo com o espaço disponível na zona de acidente, bem como com a morfologia dos feridos”.

No total participaram nesta final 18 projectos, num concurso destinado aos níveis secundário e profissional.

O concurso abrange 4800 alunos/as e 120 docentes de todos os ciclos do ensino básico e do ensino secundário/profissional.

Nesta quinta edição foram apresentadas 243 ideias de negócio, 168 participaram nos concursos municipais e apenas 18 se apuraram para a final.

O projecto “Promoção do Espírito Empresarial da Região de Coimbra” é cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia (FEDER).

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com