Coimbra  20 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Jody Rato vai ser o novo comandante dos Bombeiros da Figueira da Foz

27 de Janeiro 2020 Jornal Campeão: Jody Rato vai ser o novo comandante dos Bombeiros da Figueira da Foz

O oficial bombeiro de 1.ª Jody Fernandes Rato é o sucessor de João Moreira como comandante dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz.

A mudança deve-se ao pedido de João Moreira de passar ao Quadro de Honra da corporação, tendo a proposta de nomeação de Jody Rato sido aprovada por unanimidade pela Direcção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, numa reunião realizada na noite de sexta-feira (24), na presença, concordante, dos líderes de todos os órgãos sociais da Associação e comunicada, em seguida, a todo o corpo activo.

Sobre a nomeação de Jody Rato, o presidente da Direcção da Associação, Lídio Lopes, considera-a “um contributo decidido e competente, para este novo tempo, num novo ciclo da vida do corpo de bombeiros”.

“O proposto comandante reúne todas as condições, pessoais e de formação cívica e operacional, para o exercício, com excelência, da função para o qual foi nomeado”, refere Lídio Lopes.

O novo comandante tem uma vida dedicada aos bombeiros (sendo voluntário desde 1989), tendo iniciado a sua carreira no corpo dos Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova.

Neste longo período, para além de ter assumido outros desafios profissionais ao serviço do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Escola Nacional de Bombeiros (ENB), incluindo uma missão internacional em 2006, exerceu os cargos de adjunto de Comando em Condeixa e de comandante nos Bombeiros Voluntários de Góis.

Formador certificado, Jody Rato, de 42 anos, detém inúmeros cursos de formação específica na área da protecção e socorro, nomeadamente, no que respeita ao INEM, na área dos fogos florestais e rurais, em Operações Aéreas, Máquinas de Rasto, Combate a Incêndios Urbanos e Industriais ou Preservação de Provas, entre outras.

Para exercer o cargo de comandante dos BVFF, Jody Rato deixa a função de formador externo da Escola Nacional de Bombeiros, que exerce há 20 anos, recentemente em Técnicas de Desencarceramento, Emergência Pré-Hospitalar e Condução Defensiva.

João Moreira deixa o cargo após 15 anos como comandante e um sentimento de “missão cumprida”. Aos 46 anos e depois de 32 dedicados aos voluntariado nos bombeiros, Moreira relembra que desempenhou a função com “espírito de missão” e que essa missão “está cumprida”.

“Passo a comandante do Quadro de Honra com todos os meus direitos e deveres, que são aqueles que um bombeiro no activo tem de cumprir, menos o dever de assiduidade”, diz João Moreira, que, aos homens e mulheres bombeiros que comandou ao longo dos últimos 15 anos lembra que terão nele “sempre um amigo”.

Neste período de mudança, Lídio Lopes sublinha “a extraordinária correcção, frontalidade, lealdade, competência e espírito de dedicação e abnegação” com que João Moreira exerceu a função de comandante, desde 01 de Fevereiro de 2005, data a partir da qual se criou “uma verdadeira relação de amizade, muito superior a uma qualquer relação funcional e que se cimentou de forma sólida e permanente”.

A “passagem de testemunho” realiza-se a 15 de Fevereiro, pelas 18h00, data da tomada de posse do novo comandante. Ainda nessa sessão, João Moreira será agraciado com a Medalha de Quadro de Honra da Liga dos Bombeiros Portugueses, segundo a proposta da Direcção à LBP, pelas funções exercidas “com extraordinário e relevante zelo, com competência, dedicação, disponibilidade e abnegação”.