Coimbra  17 de Janeiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Medidas para o novo confinamento são semelhantes às de Março e Abril

13 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Medidas para o novo confinamento são semelhantes às de Março e Abril

António Costa, primeiro-ministro, anunciou, hoje, depois da reunião do Conselho de Ministros, as medidas que vão vigorar durante o novo confinamento, que terá início às 00h00 desta sexta-feira (15) e deverá prolongar-se durante um mês.

As medidas são bastante semelhantes às dos meses de Março e Abril do ano passado.

Depois de um dia em que se atingiram novos máximos de infecções (10 556 novos casos) e de mortes (156 óbitos) devido à covid-19, o Governo decidiu encerrar ou proibir:

  • O comércio e os serviços, salvo os estabelecimentos autorizados (super e hipermercados, consultórios, dentistas, farmácias, entre outros);
  • Cabeleireiros e barbeiros;
  • Ginásios e outros recintos desportivos;
  • Todos os eventos, excepto os de campanha eleitoral e as celebrações religiosas;
  • Espaços culturais.

Apesar disso, todos os estabelecimentos de ensino continuarão abertos, bem como os tribunais, sendo que sempre que seja possível o teletrabalho é obrigatório.

Já os restaurantes e cafés poderão funcionar em regime ‘take-away’ ou entrega ao domicílio e os serviços públicos estarão disponíveis mediante marcação prévia.

Durante este período, os jogos das selecções nacionais e da 1.ª divisão sénior também poderão decorrer, mas sem público.

O primeiro-ministro, anunciou, ainda, que Portugal vai “regressar ao dever de recolhimento domiciliário” tal como em Março e Abril.