Coimbra  24 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

IPN com candidaturas abertas para programa da Agência Espacial Europeia

12 de Março 2019

A edição de 2019 do programa “Small ARTES Applications”, da Agência Espacial Europeia (ESA), tem já candidaturas abertas e vai apoiar cinco empresas portuguesas que utilizem tecnologia espacial para resolver problemas na Terra.

Os candidatos podem submeter os seus projectos através do Instituto Pedro Nunes (IPN), até 07 de Junho (http://space.ipn.pt/pages/artes_call), que deverão estar relacionados com comunicações ou navegações por satélite, dados de observação da Terra e tecnologias usadas em voos espaciais tripulados, criação de novos produtos e serviços em mercados terrestres como transportes, energia, saúde, agricultura, ambiente ou segurança.

Cada empresa receberá um financiamento máximo até 25 000 euros e apoio do IPN no estudo da viabilidade financeira e técnica, podendo, ainda, beneficiar de um relacionamento directo com a ESA, “que irá fortalecer tanto o seu modelo de negócio, como a sua componente técnica/espacial”, revela o IPN.

Além disso, outra das vantagens prende-se com o acesso ao programa “ESA Business Applications”, uma das ferramentas de eleição da Agência Espacial Europeia para promover e financiar demonstrações de negócios na Terra com recurso a tecnologias/dados de satélites.

Até ao momento, este programa apoiou 11 projectos portugueses.

O “Small ARTES Apps” é coordenado em Portugal pelo IPN e tem o apoio directo da ESA, da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) e do Gabinete do Espaço da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

O IPN coordena também o ESA BIC Portugal, um dos 20 centros de incubação da Agência Espacial Europeia a nível europeu, onde são apoiadas ‘startups’ que transfiram tecnologia espacial para sectores terrestres, mas também novas empresas que pretendam entrar no mercado espacial comercial.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com