Coimbra  28 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Intersecções entre Teatro e Ciência em debate na Universidade de Coimbra

22 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Intersecções entre Teatro e Ciência em debate na Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra (UC) recebe nos dias 25, 26 e 27 de Novembro o colóquio internacional “Teatro sobre Ciência: teoria e prática”. O mote para este encontro é baseado no “quando, como, porquê e onde se encontram o teatro e a ciência” e é organizado pela Marionet e por vários organismos da UC, que reúne profissionais das áreas artísticas e científicas.

Este colóquio pretende continuar o caminho de mapeamento e reflexão sobre as intersecções entre o teatro e a ciência e promover a partilha e o ampliar do conhecimento neste campo, rastreando a evolução de tendências anteriores e identificando novos tipos de intersecções, e alargando a discussão a iniciativas não-anglófonas. A utilização da linguagem artística como forma de comunicar e estabelecer ligações com a sociedade, desencadeando emoções e sensibilizando para a Ciência, tem sido uma ferramenta utilizada em contextos muito variados e com muito sucesso.

Mário Montenegro, membro da comissão organizadora do colóquio, acredita que “as interligações entre o teatro e ciência exploram temas e assumem formas muito diversas, e é um campo de investigação, artística e científica, em amplo crescimento. Vemos em todo o mundo a investigação e os currículos académicos abraçarem cada vez mais a interdisciplinaridade, e este colóquio vem posicionar-se precisamente nessa área de cruzamento.”

A Universidade de Coimbra tem sido laboratório desta reunião entre o teatro e a ciência há mais de 20 anos através do trabalho da Marionet em parceria com alguns dos centros de investigação da UC, como o Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XXI (CEIS20) e do Teatro Académico Gil Vicente (TAGV). Neste contexto já foram produzidas peças de teatro, desenvolvidos projectos de arte & ciência, dinamizadas formações avançadas entre outras iniciativas.

O colóquio instiga e acolhe contribuições sobre os cruzamentos entre teatro e ciência relacionados com os dois lados desta equação, a prática artística e a comunicação de ciência, com o objectivo de explorar os lugares em que se encontram (assim como aqueles em que isso não acontece), e provocar discussões frutíferas no sentido de esclarecer, eventualmente, as motivações e perspectivas que são comuns e as que são diversas. Desta forma, pretende-se explorar temas como as práticas contemporâneas e tendências futuras no teatro sobre ciência, as diferenças e semelhanças entre os processos de investigação científica em teatro e em ciências mais exactas, o contributo do teatro na formação de investigadores e o financiamento nas artes e na ciência.

Este encontro internacional irá trazer nomes como Andrea Brunello, Frédérique Ait-Touati e Kirsten Shepherd-Barr integrados num programa de três dias intensos de debate e partilha de projectos e ideias.

Segundo Mário Montenegro, “o programa científico apresenta um grupo de oradores e performers de renome internacional na área, assim como a partilha de projectos em diferentes formatos como apresentações, performances, workshops. Além disso, inclui uma programação artística paralela, com a apresentação de dois espectáculos, no Teatro da Cerca de S. Bernardo e no TAGV, um deles em estreia mundial.”

Com este colóquio quer-se trazer à arena de discussão questões como: poderá o teatro ajudar a resolver problemas científicos? O conhecimento científico transforma o teatro? O teatro faz sentido na comunicação de ciência? De que modo o teatro se envolve nos debates públicos sobre a ciência e o desenvolvimento científico? Estas e outras questões serão alvo de reflexão deste grande encontro que espera cerca de 100 participantes nacionais e internacionais.

O programa do colóquio decorre a partir das 09h30, no Teatro Paulo Quintela, na Faculdade de Letras da UC).