Coimbra  18 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Instituto de Engenharia de Coimbra lecciona três cursos em Tábua

20 de Junho 2023 Jornal Campeão: Instituto de Engenharia de Coimbra lecciona três cursos em Tábua

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC) vai leccionar um Curso de Especialização em Eurocódigos Estruturais e duas pós-graduações em Redes Urbanas Inteligentes e Sistemas Avançados de Gestão da Saúde em Tábua, no distrito de Coimbra.

“A ideia é a de alavancarmos e criarmos o que ainda não tínhamos, que é colocar uma oferta de ensino superior no nosso concelho”, disse o presidente da Câmara Municipal de Tábua, Ricardo Cruz.

O Curso de Especialização em Eurocódigos Estruturais, que funcionará em formato híbrido, ‘online’ e no espaço CULTIVA (Criatividade, União, Laboratório, Tábua, Ideias, Valores e Artes), é destinado a diplomados em Engenharia Civil que procuram actualizar-se na área do projecto de estruturas, tendo em conta o novo enquadramento legal resultante da adopção dos eurocódigos estruturais como regulamentação nacional.

A intenção é proporcionar uma formação no sentido de um actual e adequado nível de segurança das construções, focada, nomeadamente, numa maior racionalidade em termos de disposições construtivas e de exigências de durabilidade.

Com 22 ECT distribuídos por seis unidades curriculares, tem uma duração de 88 horas.

A pós-graduação em Redes Urbanas Inteligentes abordará temas como o urbanismo sustentável, o ambiente e ecossistemas urbanos, a construção sustentável, a governança e cidadania, riscos urbanos, assim como empreendedorismo e inovação.

Quem acaba o curso fica a perceber, por exemplo, em “termos de inovação e desenvolvimento, o que é que ele pode propor, ter uma ideia mais actualizada, inclusive, dos sistemas que se utilizam”.

“É uma actualização, no sentido de capacitar as pessoas e sensibilizá-las para aquilo que vão ser a nova gestão de redes e as ‘smart cities’”, explicou o presidente do ISEC, Mário Velindro.

Podem inscrever-se nesta pós-graduação os detentores de um bacharelato, licenciatura ou equivalente legal.

Constituída por seis unidades curriculares, com 30 ECT, funcionará em formato presencial durante 210 horas.

Já a pós-graduação em Sistemas Avançados de Gestão da Saúde é um “excelente” curso para quem está na área da saúde, já que confere aos formandos “competências para eles poderem utilizar, no dia-a-dia, os novos ‘softwares’ e os novos sistemas que lhes vão pôr à disposição nos hospitais”, frisou.

Destinado a gestores hospitalares, médicos, enfermeiros ou outros profissionais de saúde com grau de licenciado ou superior, funcionará em formato híbrido, com 10 unidades curriculares, para um total de 300 horas e 60 ECT.

Serão abordados temas como a gestão do ciclo de vida dos dados, a análise de dados, usando as técnicas mais modernas de inteligência artificial.

Os cursos estão previstos começar em Setembro/Outubro, às sextas-feiras e sábados, no entanto, a pós-graduação em Redes Urbanas Inteligentes deverá iniciar em Fevereiro de 2024.

Para o autarca da Câmara de Tábua, estas ofertas vão permitir às pessoas “poupar tempo da sua vida, porque não têm de fazer as viagens para ir para Coimbra” e ainda “poupar algum valor económico que está associado a estes encargos da deslocação”.

Esta oferta formativa proporciona a “valorização do território”, com uma “boa parceria, que é sem dúvida a formação do ISEC”, sustentou.

As candidaturas podem ser feitas através do ‘site’ www.isec.pt.

Ricardo Cruz deu ainda nota de que durante a Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Tábua (FACIT) será feita uma sessão de apresentação dos cursos, onde será possível esclarecer questões.