Coimbra  4 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Inspector da PJ acusado de peculato

26 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Inspector da PJ acusado de peculato

Um inspector da Polícia Judiciária acaba de ser acusado, pelo Ministério Público, de autoria de um crime de peculato, por embolsar parte do dinheiro apreendido durante uma busca domiciliária.

Comete o crime o funcionário que, ilegitimamente, se apropriar, em proveito próprio ou de outra pessoa, de dinheiro ou de qualquer coisa móvel (…), que lhe tenha sido entregue, esteja na sua posse ou lhe seja acessível em razão das suas funções.

Em Fevereiro de 2016, foram realizadas buscas e efectuadas detenções no âmbito da operação “Rota do Atlântico”, que investiga crimes de corrupção no comércio internacional, sendo principal arguido o empresário José Veiga, conhecido pelas suas ligações aos negócios do futebol.

Fonte ligada ao processo disse à Agência Lusa que o referido inspector se apropriou de milhares de euros durante uma busca domiciliária (na Quinta da Marinha, Cascais).