Coimbra  15 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

IL diz em Coimbra que desenvolvimento do país não se faz aos gritos e com medo

14 de Janeiro 2024 Jornal Campeão: IL diz em Coimbra que desenvolvimento do país não se faz aos gritos e com medo

O presidente da Iniciativa Liberal (IL), Rui Rocha, defende que o desenvolvimento do país não se faz aos gritos e com medo, mas com medidas concretas que promovam a confiança e que transformem o futuro de Portugal.

“O desenvolvimento do país não se faz nem aos gritos, nem com ressentimento, nem com medo, nem com raiva. Faz-se com esperança, confiança, com medidas concretas, com uma aposta no futuro: com um sinal claro para os jovens de Portugal, de que este é um país em que poderão ficar, em que poderão constituir a sua vida”, sustentou.

No final de uma reunião com o presidente do Instituto Pedro Nunes, que decorreu durante este domingo, em Coimbra, Rui Rocha reiterou que terminou o tempo de se reclamar constantemente sobre o estado do país, sendo agora momento de olhar para quem tem as melhores propostas políticas.

Aos jornalistas indicou que a grande mensagem da Iniciativa Liberal é de combate ao medo e ao ressentimento.

“O nosso caminho é o caminho das soluções e queremos falar bem alto sobre as soluções que temos para apresentar ao país”, acrescentou.

Para o dia a seguir às Eleições Legislativas de 10 de Março, a IL espera que Portugal tenha um cenário político diferente.

“Um cenário político que permita ultrapassar a estagnação que temos vivido e que tem contribuído para pobreza, que não conseguiu ainda combater a estagnação económica e a emigração que tira qualificações a Portugal”, indicou.

Rui Rocha espera que esse seja “um momento de transformação e de viragem”, com soluções concretas para aplicar no país.

“Nesse dia falar alto não vai chegar. Vai ser preciso mesmo ter soluções e propostas que transformem o futuro do país”, concluiu.