Coimbra  21 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

IEFP e COFISA colaboram para promover a formação e a empregabilidade

2 de Agosto 2017

As instalações da COFISA, empresa de conservas de peixe da Figueira da Foz, foram o palco da entrega de 21 certificados de formação a formandos-desempregados, inscritos no Centro de Emprego daquela cidade.

A certificação destes cidadãos decorre de uma parceria entre a empresa figueirense e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) da Figueira da Foz, no sentido de promover a formação de desempregados e, em última instância, a sua entrada no mercado de trabalho.

Esse objectivo foi, em parte, cumprido, com 75 por cento dos 60 formandos a conseguirem emprego.

A parceria entre a empresa e a entidade pública teve início em 2015, e até ao momento desenvolveu três cursos.

As formandas obtiveram certificação em várias Unidades de Formação do CNQ tais como: “Morfofisiologia e composição do pescado”; “Métodos de avaliação da qualidade do pescado”; “Higiene e segurança alimentar”; “Processamento do pescado refrigerado e congelado”; e “Preparação de conservas de pescado”.

A formação desenvolveu-se no âmbito do Programa de Relançamento do Serviço Público de Emprego, que visa “acompanhar de forma mais regular e eficaz os desempregados, promovendo o seu rápido regresso à vida activa”, refere o IEFP.

A Formação Modular Certificada, através da medida ‘Vida Activa’, procura “ajustar os planos pessoais de emprego às necessidades e ao potencial de cada desempregado, favorecendo assim a aquisição de competências relevantes para o mercado de trabalho, que potenciem ou valorizem as já obtidas, mobilizando os desempregados para processos subsequentes de qualificação ou reconversão profissional”, esclarece o Instituto.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com