Coimbra  6 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Homem detido por atear fogo no concelho de Gouveia

1 de Agosto 2019 Jornal Campeão: Homem detido por atear fogo no concelho de Gouveia

Foi detido um pastor, de 46 anos, suspeito de atear um fogo no concelho de Gouveia, distrito da Guarda, conforme anunciou, hoje (01), a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda explica que, em colaboração com a GNR de Gouveia, deteve, na terça-feira, “o presumível autor do crime de incêndio florestal de significativas dimensões”, ocorrido no dia 26 de Julho, pelas 18h45, na localidade de Ribamondego, concelho de Gouveia.

Segundo a fonte, o detido “é um pastor local assalariado, sobre o qual recaem fortes suspeitas de ter ateado vários focos de incêndio numa zona de pasto e mato, com recurso a chama directa”.

O incêndio “causou a destruição de aproximadamente 56 hectares de coberto vegetal, correspondendo aos diversos pontos de início e zonas adjacentes, provocando avultados prejuízos, que só não foram mais gravosos devido à acção eficaz dos bombeiros, que prontamente acorreram ao local, inclusive com o apoio de meios aéreos”, relata a PJ.

“Na verdade, não fosse a rápida intervenção destes [bombeiros], o incêndio poder-se-ia, muito facilmente, ter propagado a áreas florestais mais densas e até mesmo à própria povoação de Ribamondego”, admite, ainda, a força policial.

O detido foi presente às competentes autoridades judiciárias para primeiro interrogatório e ficou sujeito à medida de coacção de prisão preventiva.