Coimbra  22 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Gonçalo Quadros vence Prémio Universidade de Coimbra 2019

24 de Janeiro 2019

O co-fundador da Critical Software, Gonçalo Quadros, é o vencedor do Prémio Universidade de Coimbra 2019.

O nome do também presidente-executivo da empresa tecnológica conimbricense foi conhecido, hoje, numa cerimónia que decorreu na Sala do Senado da Universidade de Coimbra (UC).

Formado em Engenharia Electrotécnica, Gonçalo Quadros trabalhou na indústria antes de obter o grau de doutor, em 2002, em informática e redes de computadores, pela UC, onde também já foi professor.

Em 2006 foi distinguido pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito Grande-Oficial, recebeu o prémio ‘INSEAD Entrepreneurship Award’; o ‘Emerging Entrepeneur of the Year’, pela delegação portuguesa da Ernst & Young e o prémio ‘Personalidade do Ano 2012’, pela Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação.

Gonçalo Quadros foi um dos fundadores da Critical Software, empresa tecnológica que, apesar de ter sede em Coimbra, já conta com subsidiárias nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Brasil, entre outros países.

A empresa nasceu em 1998 e é especializada em serviços para o suporte de sistemas críticos orientados à segurança e ao negócio das empresas, que tem trabalhado em sectores como o automóvel, a aeronáutica, o espaço ou a defesa.

Gonçalo Quadros foi o responsável pelo lançamento de diversas unidades de negócio da empresa, tendo assumido responsabilidades pela gestão técnica e gestão de negócio dos projectos mais importantes que consolidaram tais unidades.

O Prémio agora recebido tem o valor pecuniário de 25 000 euros e pretende distinguir, anualmente, “uma personalidade de nacionalidade portuguesa que se tenha afirmado por uma intervenção particularmente relevante e inovadora nas áreas da cultura ou da ciência”

O galardão será entregue a Gonçalo Quadros, a 01 de Março, durante a sessão solene comemorativa do 729.º aniversário da UC.

Instituído em 2004, o Prémio conta com um júri composto pelo presidente João Gabriel Silva (reitor da UC); vice-presidente Inês Oom de Sousa (administradora do Banco Santander-Totta) e Domingos de Andrade (director do Jornal de Notícias).

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com