Coimbra  23 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Góis Oroso Arte decorre de 12 a 31 de Julho e celebra a Liberdade

21 de Junho 2024 Jornal Campeão: Góis Oroso Arte decorre de 12 a 31 de Julho e celebra a Liberdade

Cerca de uma centena de artistas nacionais e internacionais vão participar na mostra internacional de arte Góis Oroso Arte, que este ano é subordinada ao tema “Liberdade: Ser Livre é…”.

A exposição colectiva, que nesta edição está sob a curadoria do pintor escultor Camarro, vai estar patente ao público de 12 a 31 de Julho, em galerias (improvisadas) dispersas pelo concelho.

“Este ano, o certame vai ter como temática central a liberdade, pelo que convidámos todos os artistas participantes, visitantes e público em geral a uma reflexão sobre as conquistas que Abril nos trouxe nos últimos 50 anos”, salientou o presidente da Câmara, Rui Sampaio, que apresentou hoje o programa.

A exemplo da edição anterior, as exposições do Góis Oroso Arte são descentralizadas e estão previstas para a Casa do Artista e Casa da Cultura de Góis e para a galeria improvisada da Comissão de Melhoramentos de Alvares.

O evento conta com arte ao vivo, animação musical e exposições de arte.

No dia de abertura, em 12 de Julho, é inaugurado um mural artístico da autoria do artista plástico Fernando Martins, no centro da vila de Góis, próximo do edifício dos Paços do Concelho.

No dia seguinte, o destaque do programa vai para o espectáculo “Zeca Sempre”, interpretado por Nuno Guerreiro, Olavo Bilac e Tozé Santos, no auditório da Casa da Cultura de Góis.

A iniciativa que se realiza vai para 28 anos tem como parceiro privilegiado o município espanhol de Oroso, na Galiza, de onde vem um grupo de jovens para participar numa residência artística.

Além do curador Camarro, integram ainda a comissão organizadora os artistas Geraldes da Silva, Machado Lopes e Rui Aço.