Coimbra  25 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

GNR deteve quatro pessoas, três por tráfico de droga e um por caça proibida

10 de Julho 2020 Jornal Campeão: GNR deteve quatro pessoas, três por tráfico de droga e um por caça proibida

O Comando Territorial de Coimbra da Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve três pessoas por tráfico de estupefacientes, em Ançã, e uma outra por caça proibida, na Pampilhosa da Serra.

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Coimbra, e do NIC de Montemor, detiveram os dois homens, de 47 e 36 anos, e uma mulher, de 58 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes e posse ilegal de arma, na localidade de Lamarosa, Ançã.

As detenções ocorreram “no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorreu durante um mês, onde foi possível apurar que os suspeitos adquiriam o produto estupefaciente, cocaína e heroína, na zona do Porto, para a comercializar em Coimbra”, revela a GNR, adiantando que “foi dado cumprimento a três mandados de busca, a duas residências e a um veículo, que culminou na apreensão do seguinte: 45 doses de cocaína; 14 doses de heroína; uma arma de fogo; um spray de gás pimenta; 14 munições; um veículo; quatro telemóveis e dois tablets.

Os detidos têm já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Coimbra.

Já na Pampilhosa da Serra, e através do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) da Lousã, a GNR deteve um outro homem, de 54 anos, pelo crime de utilização de meios proibidos de caça, na localidade de Cadavoso, naquele concelho do Interior.

Uma vez mais, a detenção ocorreu “no âmbito de uma acção de fiscalização ao acto venatório, sendo que os militares da GNR detectaram o suspeito enquanto caçava javalis, recorrendo a armadilhas de laço com óleo queimado e milho, de forma a atrair os animais que pretendia caçar”. De imediato, o caçador foi detido e apreendido o seguinte material: nove cabos de aço para fazer os laços; três embalagens de óleo queimado; uma embalagem de milho.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos para o Tribunal Judicial da Lousã.