Coimbra  4 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Gillbardeira é a primeira espécie do ano no Parque Biológico da Lousã

30 de Dezembro 2019 Jornal Campeão: Gillbardeira é a primeira espécie do ano no Parque Biológico da Lousã

A Gillbardeira ou azevinho-menor, erva-dos-vasculhos e pica-rato, foi considerada a primeira espécie do ano pelo Parque Biológico da Serra da Lousã (PBSL), em Miranda do Corvo, que todos os meses destaca uma espécie de fauna e flora portuguesas.

A planta vai ser a espécie deste primeiro mês do ano no Parque Biológico e cresce não só na Serra da Lousã, mas em todo o país, e é também muito comum na Europa Ocidental, Central e Meridional e no Norte de África.

Foi, ainda, inserida pelas autoridades europeias na lista de espécies com estatuto de protecção “Directiva Habitat 92/43 CEE”, devido à diminuição da sua população.

A procura excessiva desta planta deve-se às suas semelhanças com o azevinho, pois, é bastante utilizada em decorações de Natal, fisioterapia, tratamento de hemorróidas e varizes.

Jaime Ramos, presidente do Conselho de Administração da Fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional) e responsável pelo PBSL, apela a que “venham visitar o Parque, compreendam a necessidade e ajudem na conservação desta e de outras espécies ameaçadas”.