Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Futuro do tecido empresarial em Oliveira do Hospital discutido em iniciativa online

23 de Março 2021 Jornal Campeão: Futuro do tecido empresarial em Oliveira do Hospital discutido em iniciativa online

No próximo dia 27 de Março, os “Desafios do Tecido Empresarial no Interior” vão estar em debate na mesa virtual do FOHRUM, iniciativa criada por um grupo de jovens do concelho de Oliveira do Hospital.

Segundo Bárbara Coquim, a coordenadora do vector da iniciativa dedicado ao tecido empresarial, o objectivo do evento passa por “reflectir sobre Oliveira, mas, acima de tudo, pensar o tecido empresarial, as suas dinâmicas, potencialidades e o futuro que as soluções aqui apresentadas podem trazer à

região e em particular ao concelho”.

Numa versão adaptada ao contexto pandémico, com elementos por todo o país, a conferência tem como missão principal encontrar soluções para os problemas da região.

A participar na conversa vai estar Ricardo Rio, o presidente da Câmara Municipal de Braga e presidente da InvestBraga, que surge neste encontro para falar sobre “Boas Práticas Municipais para a Política de Emprego e Investimento Empresarial”.

A este encontro digital junta-se ainda Ricardo Morgado, a representar a The Loop Company, uma start-up da região Centro fundada por jovens e focada na economia circular. Deste lado da conversa, vai falar-se de “Empreendedorismo Jovem e sobre a eficácia das start-ups na Região Centro”.

Por fim, vão poder ouvir-se ainda testemunhos de empresas e associações de Oliveira do Hospital. Entre os oradores estarão representantes da Davion, da BLC3 e da Associação Comercial e Industrial do Interior para reflectir sobre o tecido empresarial do concelho.

Nas palavras de Bárbara Coquim, pretende-se entender “quais são os entraves com que estes empresários se deparam em Oliveira do Hospital, bem

como analisar a importância do sector têxtil na região”.

Esta conferência tem transmissão online pelas 18h00, através das redes sociais do FOHRUM (Facebook e Youtube).

De acordo com a coordenadora, o evento está organizado “segundo uma dinâmica que pretende criar uma grande proximidade entre o contributo dos oradores convidados e do público que queira intervir”.

Na semana que antecede a conferência, vai haver ainda a oportunidade de o público enviar questões para serem respondidas pelos oradores.