Coimbra  25 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Futebol: Nacional e Farense na I Liga, Cova da Piedade e Casa Pia despromovidos

5 de Maio 2020 Jornal Campeão: Futebol: Nacional e Farense na I Liga, Cova da Piedade e Casa Pia despromovidos

A Direcção da Liga de clubes decidiu, hoje, a subida de Nacional e Farense à I Liga de futebol e a despromoção de Cova da Piedade e Casa Pia ao Campeonato de Portugal, em reunião extraordinária.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) diz que “fixou” as promoções dos dois primeiros classificados da II Liga, Nacional e Farense, e a despromoção dos dois últimos, Cova da Piedade e Casa Pia, que terão de ser aprovadas em Assembleia Geral do organismo.

Caso se concretize, este será o regresso do Nacional, após um ano de ausência, naquela que será a sua 20.ª presença entre os grandes. Os ‘alvinegros’ estrearam-se em 1988/89 na primeira divisão e têm como melhores classificações os quartos lugares em 2003/04, sob o comando de Casemiro Mior, e 2008/09, com Manuel Machado.

Já o Farense conta 23 participações no principal escalão, entre 1970/71 e 2001/02, voltando ao escalão maior 18 anos depois. O catalão Paco Fortes foi o ‘timoneiro’ dos algarvios no seu melhor resultado no campeonato, o quinto lugar em 1994/95.

Este é o cenário traçado pela Direcção da LPFP, liderada por Pedro Proença, que contou na reunião de hoje, por videoconferência, com todos os elementos que compõem o elenco directivo, como são os casos dos representantes de Benfica, FC Porto, Sporting, Tondela, Gil Vicente, Leixões, Mafra, Cova da Piedade e Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Tal como a I Liga, cuja conclusão é uma possibilidade, a II Liga foi suspensa por tempo indeterminado em 12 de Março, mas foi excluída a sua continuidade por parte do Governo.

O Campeonato de Portugal, terceiro escalão, já foi cancelado e a FPF indicou para promoção Arouca e Vizela, os líderes com mais pontos das quatro séries.

O Governo definiu na quinta-feira, no plano de desconfinamento da pandemia de covid-19, que a I Liga de futebol e a final da Taça de Portugal vão poder ser disputados, permitindo também desportos individuais ao ar livre.

A retoma da I Liga de futebol, a partir de 30 e 31 de Maio, está sujeita a aprovação pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) de um plano sanitário, anunciou o primeiro-ministro, António Costa, explicando que os jogos vão realizar-se sem a presença de público nos estádios.

Faltam disputar 90 jogos do principal escalão, que é liderado pelo FC Porto, com um ponto de vantagem sobre o campeão Benfica, assim como a final da Taça de Portugal, que vai opor Benfica a FC Porto.