Coimbra  21 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Futebol de formação do Vigor vai treinar ‘à Benfica’ durante três anos

28 de Junho 2019

O Vigor da Mocidade assinou, ontem (27), uma novo protocolo de formação com a Escola de Futebol do Benfica em Coimbra, com a duração de três anos.

Mário Fernandes, presidente do Vigor da Mocidade, revelou que a parceria trará “mais-valias para o clube, que poderá contar com os próprios treinadores do Benfica e que quem venha trabalhar traga mais qualidade para desenvolvermos as crianças e o futebol de formação do Vigor”.

“O que está em causa é trazer melhores condições para o Vigor, sem clubismos, e que seja uma mais-valia para nós e que se trabalhe com mais qualidade, estando totalmente empenhados nesse sentido”, reforçou Mário Fernandes, admitindo que este acordo será benéfico para “o clube, para os pais e para as crianças”, que assim terão um “maior apoio”.

Maná, responsável pela Escola do Benfica em Coimbra, admitiu a admiração pelo Vigor e pelas “boas pessoas” que o constituem, realçando que a parceria permitirá às crianças ter “oportunidade de treinar com os métodos do Benfica e ter várias vantagens nas idas ao Seixal [Academia do Benfica] e ao Estádio da Luz”.

No futebol de 7 há duas equipas e sentiu-se a “necessidade de trazer a marca Benfica para o Vigor”, afirmando não ter dúvidas de que “vai vingar”.

Durante a semana treina-se “à Benfica”, mas aos fins-de-semana, nos jogos, joga-se “à Vigor”.

O objectivo do protocolo passa, ainda, por “dinamizar o clube e ajudar as crianças a serem melhores jovens”, porque “além de formar jogadores, a intenção é formar homens”, concluiu Maná.

A coordenar o futebol de 7 do Vigor estará Ricardo Canelas, que assumiu o desafio: “aplicar uma metodologia diferenciada e que os pais sintam que os filhos estão bem entregues, a ser treinados com técnicos de capacidades para o efeito, para que cresçam e se desenvolvam técnica e tacticamente e serem o melhor possível”, adiantando que acredita que o clube se tornará “cada vez melhor”.

As inscrições para as turmas de ‘primeiro passo’ (três e quatro anos); ‘petizes’ (cinco e seis anos); ‘traquinas (sete e oito anos); ‘benjamins’ (nove e 10 anos) e de ‘infantis’ (11 e 12 anos) estão já abertas para a próxima época de 2019/2020. Os escalões de formação abrangem quer rapazes como raparigas, entre os três e os 12 anos.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com