Coimbra  17 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Fórum analisa pontos fortes e fracos de Coimbra a Capital da Cultura

7 de Março 2019

O convento de S. Francisco vai ser palco, a 16 de Março (sábado), de um fórum internacional – ‘FOR1C’ – que pretende analisar os pontos fortes, fracos, as ameaças e as oportunidades de Coimbra enquanto candidata a Capital Europeia da Cultura / 2027.

A iniciativa, que junta personalidades de diversos quadrantes do panorama português e também alguns nomes estrangeiros, decorre durante todo o dia, das 10h00 às 20h00, e tem entrada livre.

Este fórum é uma das etapas propostas pelo grupo que está a trabalhar na candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura e pretende pôr em debate e reflectir através de uma análise SWOT – os pontos fracos (W) e fortes (S), as oportunidades (O) e as ameaças (T), que se apresentam perante uma cidade com aspirações a Capital Europeia da Cultura no século XXI.

Os oradores convidados são Ana Abrunhosa, António Feijó, Artur Santos Silva, Boaventura Sousa Santos, Cátia Antunes, Clara Almeida Santos, Edson Athayde, Elias Torres Feijó, Guilherme Imperial, Hugo de Greef, Isabel Pires de Lima, Jean-François Chougnet, José António Bandeirinha, Ludovic Thilly e Pedro Machado.

“’Forum C’ será um espaço de reflexão e discussão em torno da letra ‘C’ de Coimbra, mas também de cultura, conhecimento, ciência, comunidade, cidadania, e, naturalmente, de candidatura a Capital Europeia da Cultura”, explica a organização, sublinhando que a iniciativa visa, também, a união de esforços, pensamentos e sonhos sob o lema “’For one capital’.

O facto de o evento ser de entrada livre tem como propósito dar voz a todos os participantes que queiram intervir, “na busca de uma cidade em que a cultura europeia se reencontre e reinvente”, adianta a organização.

A candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura conta com o apoio formal, aprovado por unanimidade, e participação da CIM-Região de Coimbra, para além do apoio do Turismo Centro de Portugal, da Universidade de Coimbra, do Instituto Politécnico de Coimbra e do Lions Clube de Portugal.

Seja nesta ou em noutras iniciativas futuras, o grupo que está a desenvolver a candidatura está disponível para acolher todos os pedidos de informação, entrevistas e outros, quer sobre a candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura, quer ainda sobre o caminho já percorrido, de reflexão sobre a cidade de Coimbra, em ligação com instituições, agentes e operadores culturais, etc.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com