Coimbra  28 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

FMUC participa em intercâmbio de medicina

14 de Novembro 2021 Jornal Campeão: FMUC participa em intercâmbio de medicina

A Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC) vai participar na 3.º Simpósio de Intercâmbio em Medicina da Rede CODEM-LP (Constituição da Rede de Escolas Médicas de Língua Portuguesa).

O evento organizado pela Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), de Maputo, decorre nos dias 18 e 19, das 13h00 às 17h00 (horário de Maputo, Moçambique).

No dia 18, a cerimónia de abertura contará com a presença do Reitor da UEM, Orlando Quilambo, do Ministro da Saúde, Armindo Tiago, e outras individualidades convidadas. O Professor catedrático Jahit Sacarlal, director da FAMED-UEM e presidente da Comissão Organizadora do 3.º Simpósio irá apresentar o tema “Ensino Médico em Época de Pandemia”, seguida da palestra do professor Fausto Pinto intitulada “Desafios Futuros em Educação Médica”. Ainda nesse dia, seis Faculdades da Rede vão apresentar diversos temas relacionados ao ensino médico.

No segundo dia do evento, será discutida, em mesa-redonda, a “Situação de ensino Médico” nas 13 Faculdades da Rede. Esta mesa-redonda será moderada pelos professores Cesar Palha de Sousa (director adjunto pedagógico da FAMED-UEM) e Isabel Calland Ricarte Bezerra (vice-directora da FMUFRJ).

A cerimónia de enceramento será orientada pela vice-Reitora Académica da UEM, Amália Uamusse, acompanhada pelo presidente do Comité Executivo da CODEM-LP, Fausto Pinto.

A CODEM-LP é uma rede internacional de 13 Faculdade de Medicina, de cinco países de Língua portuguesa (Angola, Brasil, Moçambique, Macau e Portugal), que tem como objectivos: promover o intercâmbio discente regular e avançado em graduação; co-tutela em pós-graduação e pesquisa com dupla titulação; intercâmbio e aperfeiçoamento docente e a pesquisa e inovação com participação multilateral.

Fazem parte desta rede para além da FMUC a Universidade de Lisboa (FMUL) e do Porto (FMUP); bem como sete faculdades de medicina do Brasil, uma de Angola, uma de Macau e a de Maputo.