Coimbra  18 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: um milhão de euros para emparcelamento do Vale do Pranto

2 de Outubro 2021 Jornal Campeão: Figueira da Foz: um milhão de euros para emparcelamento do Vale do Pranto

O contrato assinado entre a Associação de Beneficiários da Obra de Fomento Hidroagrícola do Baixo Mondego e os Municípios da Figueira da Foz, Soure e Pombal prevê um milhão de euros para emparcelamento do Vale do Pranto.

A 4 de Fevereiro de 2021 foi assinado um contrato de parceria entre a Associação e os Municípios para a candidatura da Associação à Operação n.º 12 da medida 3.4.2- Melhoria da eficiência dos regadios existentes – Operações de reabilitação | modernização do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020.

O contrato prevê um investimento total associado de 1.102.000 euros acrescido de IVA, para a elaboração dos estudos preliminares e do projecto de emparcelamento rural integral de alguns campos do Vale do Pranto: Amieira; Velho e Marnoto, Calçada; Paul do Quinto e Ribeira da Telhada; Porto Ferro; Canal de Fora Frade e Paul, bem como da elaboração dos projectos de execução das obras de fomento hidroagrícola.

O apoio do PDR 2020 é de 95% do investimento elegível, sendo que os restantes 5% serão repartidos entre os Municípios na proporção da sua área territorial do Vale do Pranto (Figueira da Foz – 986 hectares, Soure -83 hectares, Pombal – 60 hectares).

A candidatura foi alvo de decisão final de aprovação da entidade gestora na quinta-feira (30), sendo o montante total elegível de 1.046.900 euros e o apoio concedido de 994.555,00 euros.

Através deste investimento, será possível realizar o emparcelamento rural dos campos e dotar o Vale do Pranto de infraestruturas de regadio que irão permitir o desenvolvimento da actividade agrícola de forma eficiente e eficaz.