Coimbra  3 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: Serenatas do Mondego começaram com Fado de Coimbra

23 de Julho 2020 Jornal Campeão: Figueira da Foz: Serenatas do Mondego começaram com Fado de Coimbra

Serenatas Figueira da Foz 1

Foi no adro da Igreja Matriz de São Julião, na Figueira da Foz, que na noite de ontem arrancou a 6.ª edição das Serenatas do Mondego, com Fado de Coimbra, interpretado por António Ataíde, acompanhado na guitarra por Bruno Costa e na viola por Nuno Botelho.

Com uma noite memorável e com o adro esgotado de público, que teve também a presença de artistas da Magenta a pintar ao vivo, Sansão Coelho agradeceu a presença de todos e deixou um agradecimento especial ao cónego João Veríssimo, que está a passar por um período menos bom, desejando-lhe as rápidas melhoras.

Depois de cinco edições, as Serenatas do Mondego, organizadas anualmente pela Sociedade Filarmónica Dez de Agosto, “afirmaram-se definitivamente como um produto de animação cultural, com forte exposição mediática e grande adesão de público, congregando para a Baixa da Figueira da Foz muitos entusiastas da canção coimbrã e do fado de Lisboa”, conforme explica a colectividade.

O contexto pandémico provocado pela covid-19 impediu a angariação de receitas junto do tecido empresarial, atrasou todo o processo logístico, condicionou a programação, a escolha dos locais dos concertos e o plano de comunicação.
Com respeito ao cumprimento das recomendações da DGS, as Serenatas do Mondego 2020 serão uma realidade até 12 de Agosto.
Devido à necessidade de cumprir o distanciamento social e evitar aglomerações, não haverá concertos nas praças, mas apenas em determinados locais, ainda que ao ar livre, que permitem o controlo de entradas e da lotação.

Esta exigência implica que, pela primeira vez, as Serenatas do Mondego tenham entradas pagas, cujos bilhetes poderão ser previamente levantados, ao preço simbólico de um euro. O adro da Igreja Matriz (180 lugares), o Coliseu Figueirense (260 lugares) e o anfiteatro exterior do CAE (100 lugares) foram os locais escolhidos.

António Ataíde (Fado de Coimbra), quatro novas vozes do fado de Lisboa e um tributo a Zeca Afonso, com Rui Pato, são as apostas deste ano das Serenatas do Mondego que contam com a parceria da Magenta – Artistas pela Arte. Em cada sessão os associados da Magenta pintarão ao vivo telas relacionadas com a temática do fado.

Próximos espectáculos:

29 de Julho – Coliseu Figueirense, com Fado de Lisboa (Filipa Biscaia e Inês Brito);

05 de Agosto – Anfiteatro exterior do CAE, com Balada de Coimbra (Tributo a Zeca Afonso com Rui Pato e António Ataíde);

12 de Agosto – Adro da Igreja Matriz, com Fado de Lisboa (Inês Graça e Carolina Pessoa).