Coimbra  14 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: Secretária de Estado participa em sessão sobre inclusão de ciganos

7 de Abril 2021 Jornal Campeão: Figueira da Foz: Secretária de Estado participa em sessão sobre inclusão de ciganos

A conversa sobre “A integração das Comunidades Ciganas na Figueira da Foz”, a realizar-se amanhã (08), pelas 14h30, vai contar com a participação da secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira.

Esta acção insere-se no “Ciclo de Conversas Figueira da Interculturalidade”, iniciativa realizada pelo Município da Figueira da Foz, no âmbito da “Semana da Interculturalidade, em parceria com o Núcleo Distrital de Coimbra da EAPN Portugal e com o apoio e a parceria do ACM – Alto Comissariado para as Migrações”.

Para além de Cláudia Pereira, a sessão, que será transmitida na página de Facebook da autarquia a partir das 14h30, vai contar com a presença de Carlos Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz; Diana Rodrigues, vereadora da Acção Social; Sandra Araújo, directora executiva da EAPN Portugal; Cristina Milagre, adjunta da secretária de Estado para a Integração e as Migrações; Maria José Vicente, do gabinete de desenvolvimento e formação da EAPN Portugal; Bruno Gonçalves, coordenador do programa “ROMED 3” e Letras Nómadas; Tânia Oliveira, presidente da Associação Ribaltambição; Marta Amaral, técnica da Cáritas Diocesana de Coimbra; Cátia Bexiga, técnica do projecto “Escolhas Sem Diferenças E8G”; Marta Santos, directora de departamento de assuntos sociais da Associação Fernão Mendes Pinto; Sónia Ruivo, coordenadora do projecto “Escolhas Maisinterac@es em Movimento E8G”; e de João Limas, mediador comunitário do projecto “Escolhas Maisinterac@es em Movimento E8G”.

Durante sexta-feira (08), a Fonte Luminosa vai encontrar-se iluminada com as cores da bandeira cigana (verde, azul e vermelho), como forma de, simbolicamente, assinalar o Dia Internacional do Cigano.

O Município da Figueira da Foz salienta que a comemoração desta efeméride “é uma das medidas contempladas no Eixo 3: Educação, do Plano Local para a Integração das Comunidades Ciganas do Município da Figueira da Foz (2019-2022), e pretende simbolicamente sensibilizar e celebrar a diversidade e o respeito pelo povo cigano”.

Segundo a autarquia, o Dia Internacional do Cigano é comemorado desde 08 de Abril de 1971, data que assinala o primeiro encontro internacional de ciganos em Orpingtion, nas redondezas de Londres, que se traduziu na celebração da cultura cigana, com o objectivo de sensibilizar para as dificuldades e estigma social enfrentados por esta comunidade.

“Cinco décadas depois, a comunidade cigana continua a ser um dos grupos minoritários mais excluídos e discriminados na Europa, nomeadamente no que diz respeito ao acesso a bens e serviços básicos, como a educação, saúde, habitação e trabalho”, disse o Executivo.

De referir que ontem (06), também integrado no “Ciclo de Conversas Figueira da Interculturalidade”, decorreu a sessão “A integração das comunidades asiáticas na Figueira da Foz: Comunidades do Nepal, Bangladesh (…)”, que também contou com a participação da secretária Estado para a Integração e as Migrações.

Com este ciclo de conversas, o Município pretende “sensibilizar os cidadãos para a necessidade de uma sociedade intercultural que tenha presente os valores da solidariedade; da não discriminação pela aparência, etnia, género ou nacionalidade; da igualdade; do respeito pela diferença e pela diversidade; da partilha”.