Coimbra  25 de Maio de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: Palácio de Sotto Mayor reabre ao público

25 de Maio 2018

A partir de 01 de Junho, o Palácio de Sotto Maior, na Figueira da Foz, vai voltar a abrir portas para todos aqueles que queiram apreciar a arte e a arquitectura ali presentes.

A entrada é livre e dá acesso a uma “viagem” pela história deste palacete e da família de Joaquim Sotto Mayor.

A receber os visitantes estarão Frederica Jordão e Ana Mónica, vestidas a rigor, encarnando as personagens de “Madalena” e “Ana”, as mulheres da família. Narram, num registo cativante, a história – mas também as estórias – deste palácio que esconde alguns segredos…

A viagem guiada termina com uma recepção musicada no salão de baile, mas, pelo meio, “Madalena” e “Ana” oferecem leituras de textos e poemas que traduzem a vivência desta família que marcou a “Belle Époque” figueirense.

“A dramatização não será excessiva porque a carga e o peso histórico do palácio falam por si”, revela Frederica Jordão, adiantando que o guião cumpre o rigor científico de José Pires de Azevedo, o responsável, nos anos 80 do século passado, pelo processo de conservação que tornou o imóvel um espaço visitável.

A visita que deu a conhecer aos jornalistas esta nova aposta da Sociedade Figueira-Praia (detentora do imóvel), em articulação com a Pó de Saber – Cultura e Património, contou com a presença de Sónia Almeida e António Jorge Lé, directora de animação e director artístico do Casino Figueira, respectivamente.

Segundo adiantou Sónia Almeida, após alguns anos sem receber visitantes de forma regular, o Palácio de Sotto Maior volta a abrir as suas portas, dando assim corpo ao programa “A Figueira vai ao Palácio”, adaptado a adultos e público escolar.

Durante a visita pelas divisões marcadas pela história, nos três pisos do edifício, Sónia Almeida salientou que a Sociedade Figueira-Praia tem vindo a proceder a diversas intervenções de restauro e requalificação do Palácio, valorizando o seu património físico mas também imaterial, destacando “o intenso trabalho de investigação, divulgação e dinamização levado a cabo pelo professor Pires de Azevedo, cujo legado pedagógico serve de guião a este novo programa”.

O programa inicia-se dia 01 de Junho e decorre de terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00. Os visitantes poderão, ainda, contemplar os jardins que envolvem o Palácio de Sotto Maior.