Coimbra  24 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: Filarmónica de Lares promove Festival “Sons do nosso Património”

1 de Outubro 2021 Jornal Campeão: Figueira da Foz: Filarmónica de Lares promove Festival “Sons do nosso Património”

A Sociedade Filarmónica de Lares, da Figueira da Foz, vai promover, entre os dias 8 e 10 de Outubro, o Festival “Sons do nosso Património”, que culmina o projecto com o mesmo nome.

Segundo a Filarmónica, esta iniciativa visa divulgar e promover a actividade artística cultural e a diversidade da oferta, divulgar as tradições e os costumes através dos sons, da música e do canto. O projecto “Sons do nosso Património” tem vindo a decorrer em locais emblemáticos, promovendo uma maior proximidade às populações e “um acesso à cultura mais abrangente e descentralizado”.

O Festival, que irá decorrer no Parque Urbano de Lares, começa a 8 de Outubro com um programa dedicado à música tradicional, estando agendada a participação dos grupos Terra Nostra e EmCantos.

A 9 de Outubro irá actuar a Banda Filarmónica de Lares, que interpretará um reportório dedicado ao património material e imaterial, fazendo uma viagem pelas tradições, pelos costumes e pela história. Segundo a Banda, o concerto vai contar com a participação especial do Grupo de Cantos e Contos de Lares, Sara Travassos e Cláudio Dias.

No terceiro e último dia do Festival vão haver pequenas actuações dos grupos que constituíram o projecto desde o início – Cavaquinhos (Re)Cordas de Lares, Grupo de Cantos e Contos de Lares e a Academia de Música de Lares –, contando o momento com a participação especial de alguns elementos do Rancho Papoilas de Lares. O dia vai terminará com a actuação de Baluarte, um grupo de música tradicional convidado.

O Parque Urbano de Lares irá, ainda, acolher a Feirinha dos Cereais, alguns expositores de artesanato e ofícios, tasquinhas com gastronomia e doçaria tradicional e regional e o Festival do Arroz, que a Associação promove todos os anos, mas que não foi possível realizar no ano passado.