Coimbra  28 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Figueira da Foz: Ana Abrunhosa defende electrificação da Linha do Oeste

12 de Dezembro 2019

Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, defendeu a electrificação da Linha do Oeste, que liga Figueira da Foz a Lisboa, indo ao encontro de uma reivindicação de Carlos Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz.

No decorrer da sessão de tomada de posse dos novos órgão sociais da Associação Comercial e Industrial (ACIFF), o presidente da autarquia pediu o “apoio” de Ana Abrunhosa para desenvolver vários projectos que considera “determinantes” para o concelho, incluindo a electrificação da Linha do Oeste até à Figueira da Foz.

Outros projectos são a ampliação da zona industrial da Gala, localizada a Sul do rio Mondego, a criação de um aeroporto na região Centro, “se possível em Monte Real”, e melhoramentos nos portos comerciais e de pesca locais.

Ana Abrunhosa afirmou rever-se em todos os projectos indicados, assumindo que “a electrificação da Linha do Oeste é absolutamente vital para a competitividade das empresas”.

“Tenho a certeza absoluta que é um projecto prioritário” para o ministro Pedro Nuno Santos, que tutela os investimentos nas infraestruturas ferroviárias.

A ministra afirmou, ainda, que um município industrial como o da Figueira da Foz “tem de ter, naturalmente, infraestruturas de localização empresarial e, portanto, a ampliação da zona industrial é absolutamente vital”. Quanto ao porto comercial “tem de ser competitivo”, uma vez que é “fundamental para o transporte de mercadorias, preservando o ambiente”.

No entanto, relativamente ao aeroporto na região Centro, reivindicação comum a vários Municípios, Ana Abrunhosa não se pronunciou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com