Coimbra  10 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Festival Jazz ao Centro traz nomes internacionais até Coimbra

20 de Setembro 2019

Carlos Dias, representante da entidade patrocinadora do evento; Carina Gomes, vereadora da Cultura; e José Miguel Pereira, do Jazz ao Centro Clube

 

Nos dias 18, 19 e 20 e 25, 26 e 27 de Outubro, nomes como Steve Coleman and Five Elements, Fred Frith Trio, Rodrigo Amado, Joe McPhee, Kent Kessler e Chris Corsano Quartet vão marcar presença na 17.ª edição do Festival Jazz ao Centro – Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra, a decorrer em vários espaços da cidade.

Um evento que promete um cartaz “rico e equilibrado”, até porque como explicou José Miguel Pereira, presidente do Jazz ao Centro Clube e director artístico do festival, “com 17 edições, há a necessidade de trazer sempre algo de novo e que interpele a cidade”.

Coimbra viverá, por isso, momentos únicos durante estes seis dias de festival, com iniciativas que se distribuem pelo Convento de São Francisco; Salão Brazil, Teatro Académico de Gil Vicente; Centro Norton de Matos; Colégio da Graça; Casa das Artes Bissaya Barreto; Casa da Mutualidade; Centro de Artes Visuais e Coola Bola; Rádio Universidade de Coimbra e Museu Nacional Machado de Castro.

Durante o festival, oito dos 16 concertos programados são de entrada gratuita, o que, segundo José Miguel Pereira, “sinaliza uma aposta [da organização] em facilitar o acesso a estes espectáculos, o que só é possível graças ao conjunto de parcerias”.

“Os destaques naturais estão no primeiro fim-de-semana, em dois concertos no Convento de São Francisco – o de Alberto Conde, no sábado (19), num tributo ao pianista português Bernardo Sassetti (falecido em 2012); e o de Steve Coleman, no domingo (20), uma figura fundamental na história do jazz”, realçou o director artístico.

O presidente do Jazz ao Centro Clube destacou, ainda, a presença de um colectivo de seis músicos holandeses que, durante quatro dias, vão interagir com cinco músicos portugueses, numa residência artística que vai oferecer cinco concertos, em diferentes combinações.

A parceria luso-holandesa vai actuar lado-a-lado com outros notáveis do jazz que participam no festival, como Carlos Zíngaro, Wilbert De Joode e Michael Moore.

“O nosso trabalho é cada vez mais dignificar o dos músicos”, sublinhou José Miguel Pereira.

O festival contará com um prelúdio, a 10 de Outubro, e ‘réplicas’ nos dois meses seguintes (a 14 de Novembro e 12 de Dezembro).

Com um orçamento de 50 000 euros nesta edição, o Festival Jazz ao Centro – Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra é organizado em simultâneo com o Município de Coimbra.

A vereadora da Cultura, Carina Gomes, destacou que o festival está cada vez mais descentralizado pela cidade e que o seu “sucesso é fruto de um trabalho conjunto dos diversos parceiros”.

A autarca destacou, ainda, a realização, em conjunto com o JACC, da iniciativa “Sons da Cidade”, do projecto “Dar e Ouvir”, da promoção de jovens talentos, através do “Cena Jovem Jazz.pt”, e o apoio financeiro municipal para a sua actividade permanente.

 

FOTO: CMC

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com