Coimbra  23 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Festival de Búzios da Figueira da Foz para saborear em 10 restaurantes

2 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Festival de Búzios da Figueira da Foz para saborear em 10 restaurantes

buzios13

O Festival de Búzios decorre de hoje até 11 de Outubro, numa iniciativa promovida pela Associação Figueira Sabor a Mar.

O prato gastronómicos mais tradicionais podem ser apreciados nos restaurantes Caçarola 1, Caçarola Dois, Casa dos Papagaios, Casa Mota, Dory Negro, Marégrafo, Lota Nova, Pep´s, Trancosense e Tapas Bar.

O evento foi apresentado no restaurante Caçarola Dois, que reuniu, além da organização e dos patrocinadores, entidades e autarcas que, neste período de grandes dificuldades para a restauração, quiseram marcar presença para dar maior visibilidade a esta iniciativa gastronómica.

Mário Esteves, presidente da Associação Figueira Sabor a Mar, vincou a importância de “conquistar os clientes pela boca”, lembrando que “já lá vão os tempos em que a cidade era conhecida pelo mar e a serra”. “Hoje temos coisas novas e a gastronomia tem vindo a ganhas a sua notoriedade no turismo” – acrescentou.

Carlos Figueiredo, em representação do Turismo Centro Portugal, referiu que “sem nos podermos esquecer que há um ano o turismo apresentava índices de crescimento invejáveis, que nos levou para a globalização”, nesta época de pandemia “sofremos com essa agonização, mas soubemos sempre valorizar as nossas mais-valias e por isso contribuir para que a queda do na região fosse a menor no país”. Para Carlos Figueiredo, “é preciso aproveitar estar oportunidades para repensar e ajustar os objectivos turísticos entre o interior e o Litoral”.

Nesta penúltima apresentação dos festivais de peixe (falta ainda o Bacalhau e seus derivados), Carlos Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, voltou a lembrar a importância destes eventos na promoção da cidade, mas também contribuir para a revitalização do sector.

“Neste momento critico que se tem vivido, a zona Centro foi a que sentiu os menores efeitos, porque soubemos ser agentes turísticos e proporcionámos segurança a quem nos visitou”, declarou Carlos Monteiro.

Na opinião do autarca, “os búzios, menos conhecidos, são uns dos produtos de excepcional qualidade e que se perfilam, com outros, para contribuir para que em 2021 sejamos a excelência da Região Europeia da Gastronomia”.