Coimbra  21 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Festival das Artes QuebraJazz em Coimbra sob o tema “Mensageiros”

12 de Abril 2024 Jornal Campeão: Festival das Artes QuebraJazz em Coimbra sob o tema “Mensageiros”

Já é conhecido o programa da 15.ª edição do Festival das Artes QuebraJazz. O evento vai decorrer, entre 17 e 24 de Julho, na Quinta das Lágrimas, e até 31 de Agosto, nas escadas do Quebra-Costas.

Sob o tema “Mensageiros”, a edição deste ano “vai realçar e romantizar, através das artes, a importância e o seu papel fundamental na disseminação de informações, ideias e cultura, que inspiraram e impactaram a sociedade de maneira significativa, numa combinação de celebração cultural, educação e entretenimento”, revela a organização.

Nesse sentido, a programação pretende assinalar os 50 anos do 25 de Abril, bem como os 500 anos do nascimento de Camões, “um grande mensageiro da cultura portuguesa”. Para isso, estão agendados vários concertos de música clássica e jazz, assim como visitas guiadas e espectáculos de teatro. De acordo com a organização do festival, “enquanto os nomes mais consagrados e as grandes orquestras perfilarão no cenário mágico do Anfiteatro Colina de Camões, na Quinta das Lágrimas”, no outro cenário, “nas Escadas Quebra Costas, em pleno Centro Histórico de Coimbra, desenrola-se uma mostra do melhor jazz que se vai fazendo em Portugal, com concertos duplos e num ambiente bastante intimista”.

Celebrar a liberdade e Camões

Na área da música, o evento destaca o concerto de “Celebrar a Liberdade”, dos pianistas Mário Laginha e Pedro Burmester. Os artistas vão interpretar alguns dos temas que marcaram a Revolução de Abril, da autoria de José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto, José Mário Branco, entre outros. O espectáculo realiza-se a18 de Julho, a partir das 21h00, no Anfiteatro Colina de Camões, na Quinta das Lágrimas.

No mesmo local, – e na vertente do teatro -, Marta Pereira da Costa e António Fonseca vão apresentar, a 21 de Julho, um espectáculo de declamação de Camões, guitarra portuguesa e piano. Chama-se “A Voz de Camões” e está marcado para as 21h00. Já no dia 24 de Julho, o destaque vai para “As Pátrias Musicais de Grieg e Viana da Motta”, da Orquestra Gulbenkian, acompanhada por Artur Pizarro. Esta é uma coprodução com a Universidade de Coimbra e tem início às 21h00.

Os bilhetes já estão à venda e, até dia 31 de Maio, têm um desconto no preço. Assumem, por isso, o custo de 22€ e 15€. Depois dessa data, passam a custar 25 euros e 18 euros. O programa completo do Festival das Artes QuebraJazz pode ser consultado em https://quebrajazz.pt/.

Cátia Barbosa (Jornalista do “Campeão” no Porto)