Coimbra  22 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Festas do concelho regressam e honram padroeira de Vila Nova de Poiares

9 de Agosto 2019

O mês de Agosto anima e transforma Vila Nova de Poiares num local muito mais movimentado. São várias as romarias que decorrem pela vila e, claro, as tão aguardadas festas do concelho que este ano se comemoram entre hoje (09) e segunda-feira (12).

Esta é uma época do ano propícia ao regresso dos filhos da terra que trabalham longe e agora se juntam às suas famílias. Com eles vêm os amigos que se deslumbram com a vila, assim como se fascinam, também, os desconhecidos que por ali passam por acaso, ou apenas porque ouviram falar.

Em Vila Nova de Poiares esta é altura de cumprir tradições, cheias de modernidade, mantendo aquilo que os antepassados lhes deixaram, mas sempre com um olhar no futuro.

É esta a altura em que a vila melhor dá a conhecer a sua natureza e as especialidades gastronómicas que deixam qualquer um deliciado.

E são precisamente as festas do concelho, nas quais se honra a padroeira da vila, Nossa Senhora das Necessidades, que mais animam e dinamizam os dias e as noites daquela localidade durante estes dias de Agosto.

“As expectativas são altas e esperamos que o público corresponda ao investimento realizado para a concretização destas festas”, são estes os desejos de Manuel Lobo Santos, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Poiares, entidade que organiza as festas de Nossa Senhora das Necessidades, “contando com o apoio da Câmara Municipal de Poiares na parte profana”, afirmou, ainda, o provedor.

A parte religiosa continua a atrair bastantes pessoas, quer para visitarem a capela e a Igreja Matriz, como para a própria procissão em honra da padroeira que se realiza no domingo, dia 11 de Agosto, pelas 17h00.

E se durante o dia esta é uma festa religiosa, à noite transforma-se pagã e cheia de tradições, com arraiais, tasquinhas, quermesse, folclore, música e outras atracções.

“São públicos diferentes, os que acompanham as celebrações religiosas e os que gostam da festa nocturna. O que queremos é que todos visitem a vila”, finalizou Manuel Lobo Santos.

 

Um programa dedicado a todos

 

Com entradas livres, esta é uma festa com muitas e variadas animações, esperando desta forma satisfazer todos os tipos de público.

A música, que promete animar as noites de festa, é 100 por cento em português, com a Banda AF a fazer as hostes e a abrir o primeiro dia de celebrações, pelas 22h30.

Amanhã (10) a festa começa mais cedo, e pelas 10h00, quem estiver pela zona já conseguirá ouvir música gravada no arraial.

Mais à noite, no mesmo dia, iniciam-se as celebrações religiosas com a missa vespertina a decorrer na capela pelas 21h30.

Os espectáculos de palco regressam, pelas 22h30, desta vez com a Banda Wave, e mais tarde, às 23h30, a conhecida Romana vai colocar todos a dançar.

Já no dia 11 de Agosto, domingo, a Filarmónica Fraternidade Poiarense actuará logo pelas 09h00, antes da missa na Igreja Matriz, que decorre pelas 10h00, e que conta com celebração de baptismo.

No período da tarde as festividades em honra da padroeira continuam com a missa solene com homilia, às 17h00, seguida da procissão com a imagem de Nossa Senhora das Necessidades.

A música regressa com o cair da noite, e pelas 22h00 será a Banda Larga a “dar música” aos mais festeiros.

E os espectáculos não terminam por aqui, ainda no domingo, pelas 23h30, Adriana Lua sobe ao palco para animar a noite.

O último dia de festa será na segunda-feira (12), no qual decorre a missa na capela da Nossa Senhora das Necessidades, pelas 19h00. Esta que será uma missa em memória de pessoas já falecidas.

O palco receberá, ainda, mais dois nomes para encerrar esta edição das festas do concelho, com a Banda KM2 às 22h00, e o conhecido Iran Costa, às 23h30.

 

Uma festa com muitos motivos para visitar

 

Para além das festividades religiosas e do cartaz musical, este é um evento onde motivos para visitar não faltam.

E nada melhor do que aliar às noites de concertos alguns dos petiscos e gastronomia típica regional que vão fazer as delícias de quem passar pela zona das tasquinhas.

Com “comes e bebes”, esta será uma zona da festa que garante saborosos pratos. Um espaço que incentiva ao convívio e confraternização entre todos.

No total serão cerca de 15 os stands distribuídos pela festa, entre tasquinhas, barraquinhas de bijutaria, artesanato, quermesse e outros serviços que empresas e instituições do concelho darão a conhecer.

A zona de diversões também não vai faltar a esta edição, desta vez com uma pista de carrinhos de choque.

De destacar que um dos stands será reservado à exposição de trabalhos realizados ao longo do ano pelos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Poiares.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com