Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Espinhal inaugura Feira do Mel com menos visitantes mas com boas expectativas

6 de Setembro 2020 Jornal Campeão: Espinhal inaugura Feira do Mel com menos visitantes mas com boas expectativas

A vila do Espinhal volta a receber a Feira do Mel, nesta que é a 31.ª edição do evento. A decorrer desde sexta-feira (04), hoje foi a abertura oficial da Feira propriamente dita, com a recepção às entidades oficiais.

Apesar do ano atípico, “não só devido à pandemia, mas também pelas condições meteorológicas e pela invasão da vespa velutina que fizeram deste um ano muito mau para a produção de mel”, conforme explicou Luís Matias, presidente da Câmara Municipal de Penela, a organização considerou que “esta 31.ª edição teria de acontecer, garantindo a segurança de todos”, acrescentou.

Quanto ao número de pessoas que tem visitado a Feira este fim-de-semana, Luís Dias, presidente da Junta de Freguesia do Espinhal, disse ao “Campeão” que, “apesar de tudo as expectativas estão a ser cumpridas. As pessoas que visitam a feira são inevitavelmente menos, mas já esperávamos que assim fosse. O objectivo ao qual nos propusemos está a ser cumprido, apesar de termos apenas cerca de 400 quilos de mel, quando costumávamos vender toneladas”.

Ao longo desta Feira, este ano com uma dimensão mais reduzida, os visitantes podem apreciar vários produtos endógenos, onde o mel é o rei. São 25 expositores, 10 dos quais com venda exclusiva de mel.

E apesar do ano não ter sido fácil para o sector há apicultores que continuam optimistas, como é o caso de Fernando Bacalhau, na área há vários anos e que em 2019 iniciou um novo projecto com o nome de “Co.Beehive”.

“Apesar deste ter sido um ano muito mau no que diz respeito à produção de mel, ainda conseguimos ter algum e de grande qualidade. Para além disso, este projecto é mais do que só a produção de mel, passa, essencialmente por conseguir captar jovens e poder passar os ensinamentos”, referiu Fernando Bacalhau que confessa que a Feira está a correr melhor do que esperava.

“Seja obreira desta colmeia” é a iniciativa levada a cabo por este apicultor. O objectivo é que qualquer pessoa ou entidade possa “apadrinhar” uma colmeia, recebendo, durante cinco anos, um cabaz anual de mel e contribuindo, desta forma, para a preservação da apicultura.

Para quem ainda não visitou a 31.ª edição da Feira do Mel do Espinhal, pode fazê-lo durante o dia de hoje, até às 18h00, altura em que decorrerá o encerramento do certame.