Coimbra  5 de Agosto de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Feedzai e Universidade de Coimbra celebram parceria no valor de 450 mil euros

28 de Junho 2021 Jornal Campeão: Feedzai e Universidade de Coimbra celebram parceria no valor de 450 mil euros

A Feedzai e a Universidade de Coimbra assinaram um protocolo que prevê um investimento de 450 mil euros por parte da tecnológica, que se irá materializar em apoio à mudança do ensino, bolsas e investigação científica.

A parceria, por três anos, tem como objectivo promover a investigação científica, a atribuição de bolsas de estudo e estágios, e apoiar “a actividade docente e pedagógica de carácter disruptivo e transformador”, disse a Universidade de Coimbra (UC).

O protocolo surge a partir do princípio dos fundadores da empresa líder mundial na gestão de crimes financeiros de retribuírem à instituição onde a Feedzai nasceu, explicou o cofundador da tecnológica, Paulo Marques.

“Não temos um problema de conhecimento ou de geração de conhecimento, mas as pessoas necessitam de inspiração”, frisou, recordando que dois dos três fundadores foram professores na própria UC antes de se dedicarem à Feedzai, que neste ano tornou-se no quarto unicórnio português (empresas que atingem uma avaliação superior a mil milhões de dólares).

Para Paulo Marques, a parceria, mais do que pagar despesas de operação ou um projecto de investigação, pretende “inspirar as pessoas para o futuro”.

“Queremos que os alunos, docentes e investigadores, quando façam algo, possam imaginar algo que foge do dia-a-dia vulgar”, referiu, salientando que o projecto, intitulado “First Foundation Project”, quer também “promover ‘standards’ de exigência mais elevados”.

Ao longo dos três anos, prevê-se o financiamento de bolsas para docentes que proponham e executem mudanças inovadoras na estrutura curricular das suas cadeiras, a criação de bolsas de estágio para alunos terem contacto com a tecnologia produzida pela Feedzai nos seus vários escritórios espalhados pelo mundo e a participação anual de estudantes da UC no concurso International Collegiate Programming Contest (ICPC).

No protocolo, estão também incluídas actividades como oficinas, conferências internacionais e a criação de espaços colaborativos.

O objectivo final, vincou Paulo Marques, passa por ajudar a que possam sair mais “Feedzais” da UC.

“Saíram pelo menos três grandes empresas do Departamento de Engenharia Informática, ao longo de 25 anos. Gostaria que saísse pelo menos uma empresa por ano. Se daqui a dez anos, tiverem surgido dez ou 15 Feedzais, porque um aluno ou investigador participou numa das actividades, teremos sido bem-sucedidos”, realçou.

O Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, sublinhou que a Feedzai é o único unicórnio português que mantém sede em Portugal e mantém-se “no local onde nasceu”.

“É uma felicidade enorme o vosso sucesso, porque o vosso sucesso também é o sucesso da Universidade de Coimbra”, disse, frisando a necessidade de a instituição conseguir criar mais empresas com a dimensão daquela tecnológica.

Amílcar Falcão espera que a parceria “sirva para que investigadores, professores e estudantes saiam da caixa e não tenham medo de arriscar e fazer diferente”.

A Feedzai trabalha no combate ao crime financeiro com recurso à inteligência artificial, protegendo mais de 800 milhões de pessoas em 190 países, trabalhando com bancos, processadores de pagamentos e plataformas de e-commerce.