Coimbra  28 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Famílias de acolhimento isentas de taxas de adopção no canil de Coimbra

2 de Janeiro 2020

Na sequência das cheias que afectaram o canil municipal de Coimbra, antes do Natal, os animais tiveram de ser retirados e, muitos deles, foram acolhidos por famílias que, até 07 de Janeiro, poderão proceder à sua adopção sem pagamento de taxas.

A Câmara Municipal decidiu, desta forma, “agradecer” às dezenas de famílias de acolhimento que, naqueles dias, se disponibilizaram para receber em sua casa mais de 60 animais. “A estas pessoas e a todos os voluntários, a autarquia agradece por se terem disponibilizado de imediato de forma bondosa e abnegada, contribuindo para ajudar a debelar os problemas decorrentes das cheias do Mondego”, afirmou a Câmara Municipal de Coimbra.

A medida está em vigor até 07 de Janeiro, apoiando assim as famílias de acolhimento que queiram efectivar a adopção dos animais evacuados do canil municipal.

A entidade irá isentar as taxas relativas ao processo de esterilização, desparasitação, identificação electrónica, e vacinação antirrábica, no valor de 30,75 euros.

Na altura, devido à subida do caudal do rio Mondego. os mais de 100 animais foram transportados para os armazéns do antigo regimento do Centro de Instrução e Condução Auto (CICA 4), contíguo ao Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, onde lhes foi concedida alimentação, luz, água e assistência médico-veterinária após a evacuação.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com