Coimbra  9 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Família que agrediu casal homossexual será julgada amanhã em Coimbra

13 de Novembro 2019

O colectivo do Tribunal de Coimbra começa a julgar, amanhã (14), uma família acusada de ter agredido um jovem casal homossexual, junto a um centro comercial da cidade, em Julho do ano passado.

A família (pai, mãe e filho) é acusada pelo Ministério Público de ter humilhado e agredido em comunhão de esforços dois homens junto do centro comercial Alma, em Coimbra, “devido à orientação sexual” das vítimas.

Segundo o Ministério Público, os três arguidos viram o casal a despedir-se com um beijo na boca e lançaram vários insultos, tendo o filho, de 20 anos, empurrado uma das vítimas que acabou por cair no chão, altura em que lhe desferiu um pontapé na zona superior das costas.

Minutos depois, com o casal já junto, a família terá voltado a insultá-los, com a mãe, de 41 anos, a dizer que os matava.

“Com receio, os ofendidos recuaram para o interior do centro comercial”, conta o Ministério Público, referindo que foram seguidos pelos arguidos que acabaram por os alcançar já dentro daquele espaço comercial.

Já no interior do centro comercial, dois dos arguidos dirigiram-se a uma das vítimas, com a mãe a desferir empurrões enquanto o filho agarrava pelo pescoço o ofendido.

A vítima terá acabado por cair, altura em que mãe e filho terá desferido “vários pontapés em várias partes do corpo e da cabeça”, conforme se pode ler na acusação.

Na mesma altura, o pai, de 66 anos, dirigiu-se ao outro ofendido, desferindo-lhe, alegadamente, várias pancadas na cabeça, munido de um alicate.

Na acusação, o Ministério Público frisa que os ataques foram motivados pela “orientação sexual dos ofendidos” e que poderiam ter tido “graves consequências”.

Pai e filho são acusados de dois crimes de ofensa à integridade física qualificada e a mãe de um crime de ofensa à integridade física qualificada.

O julgamento no Tribunal de Coimbra, que começa amanhã (14), pelas 09h30, vai contar com a presença de estudantes de Direito que, no seguimento de um acordo entre a Associação de Estudantes de Direito e o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, terão a oportunidade de serem Procuradores da República por um dia.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com