Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Expofacic foi adiada para 2022

6 de Abril 2021 Jornal Campeão: Expofacic foi adiada para 2022

A comissão organizadora da Expofacic – Exposição/Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede decidiu adiar a realização da 30.ª edição do evento para 2022.

A decisão deve-se ao facto de se “considerar não ser possível garantir o cumprimento das normas emitidas pela Direcção-Geral de Saúde, no âmbito do combate à pandemia de covid-19, sobretudo devido à afluência de público, uma vez que há fundadas expectativas de que esta venha a ultrapassar os 400 000 visitantes”, disse a organização do evento.

Actualmente não é possível antever a evolução da pandemia da covid-19, mas mesmo que a crise sanitária venha a registar uma evolução favorável, “a Expofacic envolve a realização de um vasto conjunto de acções que é preciso começar a preparar com muitos meses de antecedência e que culminam com uma operação logística bastante complexa, pelo que se considera não haver já tempo útil para concretizar todas as tarefas que é necessário desenvolver para o efeito sem comprometer de algum modo os elevados padrões de exigência seguidos nas anteriores edições”, justificou a comissão organizadora.

A tomada de uma posição definitiva sobre a eventual realização do evento em 2021 foi adiada até ao final de Março, “na perspectiva de que a pandemia da covid-19 viesse a ser controlada, de modo a permitir encarar como viável essa possibilidade, o que infelizmente não veio a acontecer”.

Para a organização, o adiamento do evento constitui “uma decisão muito difícil de tomar, face a tudo o que ele representa para as entidades envolvidas”.

Esta posição unânime da comissão organizadora foi aprovada, hoje (06), pelo Executivo camarário, também por unanimidade, considerando que esta é a única forma de salvaguardar o prestígio da Expofacic e de manter a confiança dos parceiros e do público.

A Comissão Organizadora reitera mais uma vez o compromisso de “continuar a fazer tudo o que está ao seu alcance para que a próxima edição venha a ser a maior e melhor de sempre”.

Entretanto, a INOVA-EM, enquanto entidade responsável pela gestão financeira e logística do evento, está a diligenciar junto de parceiros, patrocinadores, expositores e entidades prestadoras de serviços, no sentido de manter, em 2022, os contratos e acordos formalizados para 2021.