Coimbra  28 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Exploratório recebe sessão “Histórias de um Cirurgião” com Linhares Furtado

15 de Setembro 2021 Jornal Campeão: Exploratório recebe sessão “Histórias de um Cirurgião” com Linhares Furtado

O Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra recebe sábado (18), a partir das 18h00, o ciclo Conversar é o melhor Remédio, numa sessão de “Histórias de um Cirurgião – À conversa com Linhares Furtado”. O evento tem entrada livre.

Exatamente no mesmo dia em que o Homem pisou a Lua, a 20 de Julho de 1969, o cirurgião Linhares Furtado realizou – nos velhos Hospitais da Universidade de Coimbra – o primeiro transplante renal em Portugal. Este é, certamente, o melhor dos pontos de partida para as muitas “histórias de um cirurgião”, que Alexandre Linhares Furtado partilhará durante a conversa.

O cirurgião Alexandre Linhares Furtado fez toda a sua preparação e carreira profissional, académica e clínica na Faculdade de Medicina (FMUC) e nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), servindo ambas as instituições durante 45 anos, desde a sua licenciatura (1958) até à sua jubilação em 2003, como Professor Catedrático de Cirurgia e de Urologia e Diretor de Serviço.

No início da sua carreira, de 1958 a 1963, Alexandre Linhares Furtado dedicou-se à prática médica e cirúrgica nos HUC e ao trabalho experimental (na FMUC), acumulando experiência profunda e diversificada nos mais variados territórios da “cirurgia geral” abrangendo múltiplas facetas que se autonomizaram como novas especialidades.

Nos HUC constituiu e chefiou equipas médicas e cirúrgicas entusiásticas, com as quais foi possível dar início, em Portugal, a todos os tipos de colheitas e de transplantações de rim, fígado e intestino, devendo-se-lhe ainda inovações a nível internacional nessas matérias.

Linhares Furtado tem um vasto currículo em matéria de publicações, de conferências e de demonstrações cirúrgicas, relacionadas com as múltiplas actividades em que se foi envolvendo, ao longo da sua vida profissional. Na sua carreira fez tudo o que se poderia fazer na área da transplantação de órgãos abdominais, sendo que alguns nunca mais se repetiram.

O programa Conversar é o melhor Remédio, parceria do Exploratório com o Centro Cirúrgico de Coimbra, desenvolveu-se ao longo de 2018, 2019 e 2020, neste ano já com o cancelamento de algumas sessões devido à pandemia. Em 2021, foi retomado e está a decorrer desde Junho, com as necessárias medidas de segurança. A 16 de Outubro, António Travassos estará à conversa a partir do tema “Ensaio sobre a cegueira curável”.