Coimbra  14 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Executivo de Pampilhosa da Serra participou em sessão sobre valorização da floresta

23 de Março 2021 Jornal Campeão: Executivo de Pampilhosa da Serra participou em sessão sobre valorização da floresta

No âmbito do Dia Mundial da Árvore, José Brito, presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, e Jorge Custódio, vice-presidente, participaram num webinar sobre “Os novos recursos para a valorização da floresta”.

Nesta sessão, promovida pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC), foram discutidas várias temáticas relacionadas com a floresta, nomeadamente “A floresta no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência”, por João Paulo Catarino, secretário de Estado da Conservação e da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território; “O Programa de Transformação da Paisagem: Uma oportunidade?”, por Fernanda Carmo, directora-geral do Território; “O cadastro da propriedade rústica como um recurso para a operacionalização das políticas florestais”, por Carla Mendonça, coordenadora adjunta da Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado; e “O papel das equipas/brigadas de sapadores florestais na valorização dos espaços florestais”, por Rui Almeida, comandante nacional da Força de Sapadores Bombeiros Florestais.

“Após um fim-de-semana marcado pelo anúncio, por parte do Governo português, do investimento de sete milhões de euros na transformação estrutural da floresta nacional, de forma a evitar as monoculturas, até 2030, e da apresentação de uma bolsa de maquinaria, acessível a organizações de produtores florestais e a comunidades intermunicipais, para prevenção e combate a incêndios florestais, torna-se claro o novo olhar por parte do Governo Central para a nossa floresta, essencial para a revitalização e valorização da mesma, pelo que o Executivo municipal de Pampilhosa da Serra está atento a esta temática, deveras importante para o presente e futuro do concelho”, disse a Câmara Municipal da Lousã.