Coimbra  6 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques visitou Instituto Pedro Nunes

8 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques visitou Instituto Pedro Nunes

A eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques visitou, ontem (07), o Instituto Pedro Nunes (IPN) para conhecer alguns projectos inovadores implementados em estreita articulação com empresas e utilizadores finais.

Um sistema inovador de isolamento e revestimento de fachadas que reduz significativamente o consumo de energia e as emissões de dióxido de carbono (CO2) e um sistema robótico para realização de ecografias à distância foram alguns dos projectos apresentados à eurodeputada.

Jorge Corker, investigador do Laboratório de Ensaios, Desgaste e Materiais do IPN, partilhou as motivações do consórcio europeu no desenvolvimento do projecto “GELCLAD”, um produto inovador de isolamento e revestimento de fachadas de edifícios, durável e de fácil instalação, com excelentes propriedades isolantes.

Este projecto, liderado pelo IPN e financiado pelo programa Horizonte 2020, contribui para reduzir o consumo de energia e as emissões de CO2, permitindo ganhos de até 40 por cento de eficiência de isolamento. Durante a conversa, assinalou-se também a importância das linhas de financiamento para pilotos de larga escala em ambiente real para acelerar a validação destas soluções tecnológicas. O projecto “GELCLAD” foi destacado pela Comissão Europeia como uma boa prática na utilização de fundos europeus.

João Quintas, investigador do Laboratório de Automática e Sistemas do IPN, apresentou o projecto “ROSE”, liderado pela empresa Sensing Future (que iniciou a sua actividade na Incubadora do IPN) e financiado pelo Programa CENTRO2020.

Este projecto visa desenvolver um sistema robótico para realização de ecografias à distância, tendo sido pensado para economizar deslocações de doentes não urgentes e disponibilizar acesso a este tipo de diagnóstico em zonas remotas, onde não é possível ter um radiologista em permanência. Ao longo da visita, destacou-se também a utilidade desta ferramenta ao serviço dos profissionais de saúde em altura de pandemia e a capacidade do consórcio em adaptar as actividades face às actuais contingências. Neste momento, o protótipo está instalado no Hospital da Luz Coimbra, entidade parceira deste projecto.

Esta visita está enquadrada num projecto de formação e partilha de conhecimento, no qual o IPN e os seus projectos serão parte integrante dos conteúdos e informação a difundir e que vai abordar os assuntos europeus e os seus maiores desafios como a transição digital, a crise climática e a sustentabilidade social destas abordagens.

A eurodeputada reiterou esta partilha, principalmente por o IPN ser um caso de sucesso de transposição dessas políticas em inovações científicas e, posteriormente, na sua implementação na sociedade civil.