Coimbra  29 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Estudantes da Coimbra Business School preferem empresas sustentáveis

4 de Março 2020 Jornal Campeão: Estudantes da Coimbra Business School preferem empresas sustentáveis

Os alunos da Coimbra Business School preferem estagiar e trabalhar em empresas sustentáveis, que produzem bens e serviços crescendo de forma competitiva, conforme anunciou, hoje, a instituição de ensino que, durante a próxima semana, organiza mais uma edição da ‘CBS Business Week’.

O evento, dedicado à promoção do emprego jovem e do empreendedorismo dos estudantes, realiza-se nos dias 10 e 11 de Março e conta com mais de 600 ofertas de emprego e de estágios disponibilizados por 70 empresas.

A edição deste ano é dedicada “aos negócios que fazem da economia circular e da sustentabilidade ambiental o seu mercado principal”, conforme referiu a Coimbra Business School.

“Estamos muito empenhados em preparar os nossos estudantes para uma nova economia feita de empresas que terão de estar à altura de três exigências: produtividade, baixo impacto carbónico e competitividade no mercado global”, afirma Pedro Costa, presidente da instituição de ensino superior.

Paulo Fernandes, da Associação de Estudantes e um dos responsáveis pela iniciativa, salienta que “é na sustentabilidade que se procura orientação para o futuro profissional” dos finalistas.

“Este ano convidámos empresas que têm na inovação e na diminuição da pegada ambiental o principal valor do seu negócio, porque, no futuro, todos os sectores vão ter de criar bens e serviços que sejam sustentáveis e que – ponto fundamental – continuem a ser lucrativos”, sublinha o responsável.

A EDP, Deloitte, Critical Software, Visabeira, Altice e Altri são algumas das empresas participantes na ‘CBS Business School’.

A sessão de abertura está prevista para terça-feira, às 15h00, com as intervenções de Óscar Gaspar, vice-presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), e de Mário Parra da Silva, presidente da Aliança para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável Portugal, que vão abordar os novos modelos de negócio gerados pela descarbonização.

João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Transição Energética, vai presidir a sessão de encerramento no dia 11, pelas 18h00.