Coimbra  22 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

ESTeSC vai criar academia digital de Ciências Biomédicas Laboratoriais

8 de Outubro 2020 Jornal Campeão: ESTeSC vai criar academia digital de Ciências Biomédicas Laboratoriais

Permitir o acesso livre a todos os profissionais e estudantes da área a nível mundial é o objectivo da Escola Superior de Tecnologia da Saúde (ESTeSC) de Coimbra ao pretender criar uma academia digital de Ciências Biomédicas Laboratoriais.

O projecto – denominado “BioTriCK” e financiado em 360 000 euros pelo programa Erasmus+ Parcerias Estratégicas KA203 – pretende “promover a partilha de conhecimento e melhorar a qualidade de formação na área das Ciências Biomédicas Laboratoriais”, explica, em comunicado, a ESTeSC, do Instituto Politécnico de Coimbra.

Além desta instituição de ensino superior público de Coimbra, integram este consórcio a ‘Western Norway University of Applied Sciences’ e a ‘Turku University of Applied Sciences’.

São, ainda, parceiros do projecto o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), e os hospitais de Bergen (Noruega) e Turku (Finlândia), onde os alunos desenvolvem estágio curricular.

“O objectivo é criar um ‘triângulo de conhecimento’, que permita desenvolver o ensino e melhorar a relação entre os estudantes, os monitores de estágio e a Escola”, refere Armando Caseiro, um dos docentes da ESTeSC responsáveis pelo projecto.

Na prática, esta plataforma vai reunir um histórico de casos clínicos reais e disponibilizar ferramentas de aprendizagem inovadoras (jogos, aplicações, filmes e uma “bioPedia”, por exemplo), a partir de informação recolhida e trabalhada por docentes, profissionais e estudantes de Ciências Biomédicas Laboratoriais.

Com um período de implementação de três anos, o ‘BioTrick’ está ainda numa fase inicial de desenvolvimento.

A primeira reunião transnacional acontece em Novembro, prevendo-se que a versão experimental da academia digital possa ser lançada em 2022.